Geral

Manifestantes distribuem livros em ato que reuniu 150 mil no Rio

COMPARTILHE
13

A manifestação contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no Rio de Janeiro reúne 150 mil pessoas, segundo o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe). A Polícia Militar não divulgou estimativa.

Retomar dinheiro de corrupto funciona mais que prisão, diz AGU

/com informações Agência Brasil   O advogado-geral da União, André Luiz Mendonça, afirmou que recuperar dinheiro...

ANTT publica novas regras para cálculo do frete mínimo

/com informações Agência Brasil   A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou as novas regras...

Associação Médica promete ir à Justiça contra revalidação de diplomas

A Associação Médica Brasileira (AMB) promete ir à Justiça contra a proposta do Ministério...

Por volta das 19h15 os manifestantes chegaram à estação ferroviária Central do Brasil, onde professores e estudantes distribuíram livros às pessoas. A distribuição marcou o encerramento do ato.

Mascarados

Continua depois da publicidade

Após o fim da manifestação, um grupo de pessoas mascaradas entrou em confronto com a Polícia Militar. Os policiais reagiram com bombas de gás e houve correria ao redor da Praça da República e ao longo da avenida Presidente Vargas. Os confrontos continuavam às 19h50.

Por volta das 20h, um ônibus foi incendiado na avenida Presidente Vargas, no centro do Rio de Janeiro. Não há informações sobre o que causou o incêndio.

Fábio Grellet
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade