Espírito Santo

Secretário Estadual de Saúde presta contas na Assembleia Legislativa

COMPARTILHE
136
Advertisement
Advertisement

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes de Medeiros Junior, comparecerá nesta sexta-feira (12), na Assembleia Legislativa para a prestação de contas quadrimestral da pasta. Nésio apresentará aos deputados da Comissão de Saúde os dados referentes aos meses de setembro a dezembro de 2018.

Espírito Santo terá Grupo Integrado de Operação de Segurança Pública

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social...

Chuva de meteoros Geminidas poderá ser vista no fim de semana no ES

A maior chuva de meteoros do ano, a Geminidas, que acontece uma vez por...

Sedu abre inscrições para professores em Designação Temporária na próxima segunda (16)

A Secretaria da Educação do Espírito Santo (Sedu) divulgou os editais com as normas...

A audiência pública está agendada para às 9h, no Plenário Dirceu Cardoso, e terá transmissão ao vivo pela TV Assembleia.

No período referente à prestação de contas quem estava à frente da pasta era Ricardo de Oliveira, secretário de Saúde do governo Paulo Hartung. Ricardo de Oliveira esteve no Parlamento Estadual em novembro, quando fez um balanço de sua gestão na secretaria.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Novo secretário

Nésio Fernandes é catarinense, médico e atuou profissionalmente no Estado de Tocantins. Foi presidente da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (TO); médico da Estratégia da Saúde da Família; clínico geral no Hospital Regional de Paraíso do Tocantins (TO) e secretário municipal de Saúde de Tocantins.

De acordo com informações da Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo, durante sua gestão em Palmas, Nésio levou a atenção básica a uma cobertura de 100% e descentralizou para os bairros serviços de sete especialidades médicas por meio do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (Nasf).

Prestação de contas

Advertisement

A prestação de contas do secretário de Estado da Saúde é um instrumento de fiscalização previsto na Lei Complementar Federal 141/2012. A legislação determina que o gestor do Sistema Único de Saúde (SUS) apresente até o final dos meses de maio, setembro e fevereiro, relatório sobre o período anterior, em audiência pública no Legislativo.

 

Advertisement
Publicidade