Guaçuí

Prefeita Vera Costa visita local de montagem da ponte provisória na BR 482

COMPARTILHE
Divulgação PMG
479

A prefeita de Guaçuí, Vera Costa, visitou no domingo (14) a área onde está sendo montada a ponte provisória do Exército, no local conhecido com Ponte do Aésio, na BR 482. A ponte foi interditada no dia 25 de fevereiro pelo Dnit por apresentar risco de cair. A situação foi constatada pela Defesa Civil de Guaçuí, que comunicou o órgão.

Prefeitura de Guaçuí implanta sistema para limitar empréstimos consignados de servidores

A Prefeitura de Guaçuí tomou uma iniciativa que visa a educação financeira de seus...

Divulgada a programação do GuaçuFolia

A programação do GuaçuFolia 2019, foi divulgada nesta segunda-feira (11) pela prefeitura de Guaçuí. O evento...

Prefeitura de Guaçuí entrega prêmios da campanha “Sua nota vale prêmios”

A Prefeitura de Guaçuí, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento...

A chefe do executivo se encontrou com o comandante do Batalhão de Engenharia do Exército, tenente coronel Veiga, que está coordenando a operação em Guaçuí, além de representantes da empresa que presta serviços para o Dnit e o coordenador da Defesa Civil de Guaçui, Joilson Wagner Costa. Durante o encontro, a prefeita agradeceu aos militares por terem atendido com rapidez a demanda, destacando a importância da liberação no local, para acabar com o trânsito dentro de bairros do município e normalizar o tráfego no trecho da rodovia que é importante para o município e a região. “Agradecemos muito pelo trabalho que está sendo realizado e o município está à disposição para dar todo o apoio necessário, como estamos fazendo desde o momento da interdição da ponte”, disse a prefeita.

O tenente coronel Veiga disse que o prazo para finalizar a montagem da ponte depende das condições climáticas. “Se não chover, podemos dizer que a montagem esteja terminada até quinta-feira, mas não podemos afirmar isso com certeza, porque depende das condições climáticas e qualquer outra situação que surgir”, afirmou. Ele também explicou a todos que estava acompanhando a prefeita sobre como é feita a montagem da ponte, num trabalho que é minucioso e de precisão. E depois de montada, uma equipe de 17 militares permanecerá em Guaçuí, para fazer o controle do tráfego na ponte provisória, assim como fazer a proteção do equipamento”, disse o responsável pelos trabalhos no local, tenente coronel Veiga.

Continua depois da publicidade