Educação

Prazo para concluir inscrição do Fies 2019 é prorrogado até 12 de abril

A decisão foi tomada pelo MEC, após falhas na DRI e lista de espera

COMPARTILHE
524
Advertisement
Advertisement

Estudantes que se candidataram para o Fies 2019 se queixam de problemas com a DRI (Documento de Regularidade de Inscrição), que impacta diretamente nas matrículas da chamada regular e, consequentemente, gera atraso na lista de espera do programa. Diante disso, o Ministério da Educação (MEC) prorrogou até 12 de abril o prazo para os selecionados concluírem sua inscrição no sistema. No mês passado, esse prazo já havia sido prorrogado até 11 de março.

Mais de 20 mil estudantes voltam às aulas em Cachoeiro de Itapemirim nesta segunda (10)

Após adiamento por conta da enchente do último dia 25, os estudantes da rede...

Volta às aulas: cuidado com a lista abusiva de material escolar

O início do ano letivo estava marcado para esta semana, porém devido às fortes...

Curso de Gastronomia EAD é um dos mais buscados no começo de 2020

O país tem cerca de dois milhões de matrículas no ensino a distância (EAD),...

Inicialmente, o edital previa o período entre 26 de fevereiro a 7 de março, para a fase de complementação da inscrição, que é quando os estudantes apresentam documentos mostrando que preenchem os requisitos para participar do programa. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) informou que foi identificado um problema sistêmico e em nota divulgada nesta segunda-feira (01) informou, que casos de erros ou problemas no sistema podem levar o MEC ou os bancos operadores do programa a prorrogarem o prazo de conclusão da inscrição até 30 de junho.

Patrícia Fernandes, de 27 anos, está na lista de espera do Fies e se encontra diante de vários obstáculos. Além de precisar esperar que o problema dos estudantes pré-selecionados na chamada regular seja solucionado, ela também contou que a lista só iniciou de fato no dia 23 de março, sendo que no cronograma o prazo inicial era o dia 27 de fevereiro.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Formada em Recursos Humanos, Patrícia vai embarcar na sua segunda graduação e torce para que o problema seja logo solucionado. “Faço parte de um grupo de whatsapp com mais de 180 pessoas, cada um passando por um situação diferente, estamos em um jogo de ping pong. Minhas chances também estão cada vez menores porque a lista de espera só vai até o dia 10. Alguma coisa está acontecendo e o MEC precisa solucionar o mais rápido possível”, desabafou.

Fonte: Bárbara Maria – Agência Educa Mais Brasil

Advertisement