Política Regional

Muniz Freire: enquete aponta Doutor Carlinhos como favorito para reeleição

COMPARTILHE
1461

Por Wanderson Amorim e Edézio Peterle 

Assim como foi dito na greve da PM, Capitão Assumção volta a dizer que “o prato do policial está vazio”; veja o vídeo

O deputado estadual Capitão Assumção (PSL) ao utilizar, ontem (17), a tribuna na Assembleia...

​Majeski é contra criação de 307 cargos no MPES e redução no controle dos servidores externos da Ales

A aprovação de projetos polêmicos marcou a última semana dos trabalhos na Assembleia Legislativa...

Em reunião com vereadores, Da Vitória garante R$ 470 mil em recursos para Guaçuí

Vereadores de Guaçuí tiveram uma agenda positiva na capital, na segunda-feira, com o deputado...

Enquete realizada pelo AQUINOTICIAS.COM entre a última segunda-feira e ontem aponta que o médico Carlos Brahim Bazzarella, o Doutor Carlinhos, de 78 anos, do PROS, é o favorito da população numa disputa pela reeleição a prefeitura de Muniz Freire. Ele aparece com 44% das intenções de votos.

Continua depois da publicidade

Mais de 15 mil pessoas acessaram a enquete que recebeu, até às 12h de ontem, 7.104 votos por meio do sistema Playbuzz que permite um voto por dispositivo (celular, tablet e computador).

Em segundo lugar na enquete aparece o vereador Roberto Paulúcio (PP), com 32% dos votos, e na terceira colocação o advogado Rodrigo Pope (PSDB), com 12% das intenções de votos. Apenas 2% dos votantes estão indecisos nos nomes citados pelo AQUINOTICIAS.COM .

“Fiquei surpreso, pois adotei medidas impopulares”

Doutor Carlinhos foi eleito prefeito em 2016 com 43.03% dos votos válidos, ou seja, conquistou 4.708 eleitores. O resultado daquele ano se aproxima ao número apresentado nesta enquete, 44%.

Bazarrella derrotou seu principal concorrente com uma diferença de apenas 2%. Gesi Antônio, o “Dito” (PDT), teve 41.14% (4.501 votos) e, hoje, na enquete aparece com apenas 2% das intenções de votos do eleitorado.

O médico recebeu com surpresa o resultado da enquete, pois assim como a maioria dos prefeitos capixabas teve que “cortar na própria carne”, adotando medidas impopulares para equilibrar as contas públicas em tempos de crise econômica.

“Fiquei surpreso com o resultado apresentado. Mesmo tomando medidas impopulares, visando corrigir erros, sabemos que o município passa por problemas sérios. Ele é considerado, pelos que acompanham a gestão pública, como um dos piores municípios para se administrar. Minha equipe e grande parcela da população está entendendo a crise e estamos todos de mãos dadas para solucionar os problemas da cidade. Eu estou administrando longe do que eu sonhei em fazer, pensava em muito mais coisas, mas as dificuldades estão aí. Mas, não vamos desanimar! Eu agradeço, profundamente, aqueles que depositam em mim a responsabilidade de administrar meu município. Sou muito grato a eles pela surpresa no resultado na enquete”, disse Doutor Carlinhos.

O médico diz que ainda é cedo para dizer se será candidato, mas se coloca como uma pessoa natural na disputa a reeleição em 2020. “Eu sou candidato nato, mas isso vai depender de muitos fatores, está muito cedo. No momento, a minha preocupação é a seguinte: a responsabilidade do município está comigo. Não adianta eu ficar preocupado daqui a dois anos, sendo que a responsabilidade está na minha mão agora. Eu tenho que me preocupar com o hoje, não com daqui a dois anos. Sigo fazendo um trabalho decente e honesto. O importante é entrar com as mãos limpas e sair com as mãos limpas”, comentou.

Resposta positiva

O vereador Roberto Paulúcio, segundo com maior votação nas eleições de 2016, quando obteve 497 votos (4.42%), também ficou surpreso com o resultado da enquete.

“Para mim, foi uma surpresa muito boa. É uma resposta positiva diante do trabalho que temos feito dentro do município. É sinal que a população está aprovando o trabalho que estamos fazendo. Para mim, isso foi muito positivo! Eu como vereador, no primeiro mandato, ter meu nome como suposto candidato a prefeito da cidade e ter uma aprovação das pessoas, eles lembrando da gente assim e eu estar nessa posição é gratificante”, afirmou o vereador.

Paulúcio conta que vem trabalhando desde o ano passado para disputar como candidato a prefeito em 2020.

“Temos uma parceria muito boa com deputados estaduais e federais. Inclusive, o deputado Marcelo Santos, que foi o mais votado aqui no município, deputado que eu apoio e que me ajuda aqui na cidade. O Dá Vitória que foi o deputado federal mais votado aqui em Muniz Freire eu lhe dei apoio. Todos dois tem o projeto de trabalharmos juntos para sermos candidato em 2020. A gente já vem trabalhando isso desde o ano passado. Acho que estamos no caminho certo, pois hoje o eleitor não quer saber mais de tapinha nas costas, ele quer serviço prestado. A gente tem feito de tudo para ajudar a população, principalmente na área da Saúde e agricultura, área que eu atuo.

Rodrigo Pope

O advogado Rodrigo Pope já foi candidato a prefeito. Em 2016 ficou na terceira colocação, quando obteve 1.732 votos (15.83%).

Pope nunca exerceu um cargo eletivo e recebe o resultado da enquete com gratidão. “Recebo com muita gratidão e moderação o resultado da enquete. Gratidão porque ser lembrado e aceito como potencial candidato a prefeito é motivo de muita alegria para mim, sobretudo porque não exerço mandato político e o pouco que consigo fazer em benefício do cidadão munizfreirense faço por amor à nossa cidade, de forma não-remunerada e nos poucos momentos de folga que tenho. Moderação porque o resultado das enquetes não representa, necessariamente, o anseio popular. Independente disso, como forma de agradecer a lembrança do munizfreirense, reafirmo meu compromisso de seguir lutando por uma Muniz Freire de oportunidades, seja como eventual candidato ou simplesmente como cidadão dessa terra de gente valorosa”.

Rejeição

O ex-prefeito Paulinho Mignone (PSB) teve apenas 1% das intenções de votos na enquete AQUINOTICIAS.COM.

Desde que deixou o cargo de prefeito, Paulinho Mignone teve vários pedidos de rejeição de suas contas à frente do Executivo Municipal.

Quem também aparece com boa rejeição é o ex-prefeito Ezaniton Delson de Oliveira (PSB), que obteve apenas 5% dos votos. Ele foi prefeito por dois mantados entre 2005 a 2012.

A enquete

Há uma diferença entre Enquete e Pesquisa Eleitoral: enquete é a simples coleta de opiniões de eleitores sem nenhum controle de amostra e sem a utilização de método científico para sua realização. Esse tipo de consulta depende apenas da participação espontânea do interessado. Já a pesquisa eleitoral requer dados estatísticos realizados junto a uma parcela da população de eleitores, com o objetivo de comparar a preferência e a intenção de voto a respeito dos candidatos que disputam determinada eleição.

Apesar de não ter teor científico, um dos nomes citados nesta enquete poderá conduzir o município de Muniz Freire a partir de 2021.

Se as eleições fossem hoje em qual desses possíveis pré-candidatos você votaria para prefeito de Muniz Freire?

Dr. Carlinhos Bazzarella (PROS) – 44%

Roberto Paulúcio (PP) – 32%

Rodrigo Pope (PSDB) – 12%

Ezanilton Delson de Oliveira – Dr. Delson (PSB) – 5%

Gesi Antônio “Dito” (PDT) – 2%

Não sei, estou em dúvida! – 2%

Tanea Favoreto (PPS) – 1%

Paulinho Mignone (PSB) – 1%

Zenilton Lopes (PSDB) – 1%

Publicidade