Cachoeiro de Itapemirim

Moradores do Coronel Borges aprovam mudanças no trânsito do bairro

COMPARTILHE
490

Foram concluídas pela prefeitura, na semana passada, as novas alterações no trânsito do Coronel Borges, com o objetivo de restringir o tráfego de caminhões, carretas, bitrens e demais veículos pesados no bairro, uma das entradas da área urbana de Cachoeiro de Itapemirim.

Primeira edição da Corrida de Santa Rita será neste domingo (19)

Para os amantes de esportes, uma boa opção é acompanhar, neste domingo (18), a...

Alunos da rede municipal vão iniciar curso preparatório para prova do Ifes

As aulas do Pré-Ifes começam no próximo sábado (18) para 220 estudantes das escolas...

Conheça a história de Ediane que venceu o câncer e se tornou mãe

A vida nem sempre segue o fluxo desejado. Em algumas ocasiões, somos surpreendidos com...

As mudanças são frutos de demandas apresentadas pela comunidade à Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito (Semset), em reuniões promovidas na região, a partir das quais a pasta traçou planejamento viário, fez dois testes e, então, implementou esse plano, por meio de sinalização horizontal, vertical e auxiliar.

Uma das modificações foi feita na rua Edson Carone, no entroncamento com a rua Coronel Borges (próximo à farmácia Principal), onde foi instalada restrição de entrada e saída de veículos pesados. O mesmo ocorreu na ponte João dos Santos Filho (em frente a antiga fábrica de cimento da Nassau), nos dois lados.

Continua depois da publicidade

Além disso, a rua Dr. Jair de Freitas passou a ser mão única, com estacionamento de um lado, com uma vaga de carga e descarga. Já a rua Desembargador Lourenço, que recebeu sinalização vertical e horizontal, agora é mão única sentido Linha Vermelha.

“Retornamos ao Coronel Borges, após essas intervenções, e os moradores nos disseram que estão satisfeitos com essas mudanças, que, segundo eles, estão trazendo mais tranquilidade para o trânsito do bairro”, destaca o secretário municipal de Segurança e Trânsito de Cachoeiro, Ruy Guedes Barbosa Junior.

É o que reforça Lidinalva da Rocha Correia, ao contar que, antes dessas alterações, o prédio em que ela mora balançava, quase sempre, quando algum veículo pesado passava pelas imediações. “Agora, está melhor, principalmente, para as crianças, que podem ir à escola e voltar para casa com mais segurança”, avalia.

Já a moradora Zilá Callegário ressalta que as modificações colaboraram para ordenar o trânsito local. “Era um emaranhado de caminhões. Conheço pessoas que, por causa desse problema, não andavam mais no bairro. Agradeço à prefeitura por tê-lo resolvido”, acrescenta.

Publicidade