Cidades

Moradores de Cachoeiro recebem relatório anual de qualidade da água

COMPARTILHE
154
Advertisement
Advertisement

Com a finalidade de promover o acesso à informação e possibilitar que a população de Cachoeiro de Itapemirim saiba exatamente a procedência e as condições da água que está chegando à sua residência, a BRK Ambiental entregou aos clientes em março o Relatório Anual de Qualidade da Água 2018. O documento, com oito páginas, apresenta um resumo das análises laboratoriais realizadas ao longo do ano, atestando que a água distribuída atende aos padrões de qualidade necessários para o consumo humano, de acordo com as legislações pertinentes.

Continua depois da publicidade

Ao todo, foram realizados 369.834 ensaios de qualidade da água de todos os mananciais de Cachoeiro de Itapemirim, região em que a captação é realizada. Foram elaborados sete relatórios, um para a região da sede, Cachoeiro de Itapemirim, e os demais para os distritos de Burarama, Pacotuba, Conduru, Alto Moledo, São Vicente, Itaoca, Gironda e Santana.

Segundo Jocimar Alves, Gerente Operacional da BRK Ambiental, a tecnologia utilizada pela concessionária de água e esgoto permite monitorar de forma contínua os parâmetros físico-químicos, como turbidez, cloro residual livre e cor aparente, além das análises microbiológicas da água.

“O monitoramento é feito desde a entrada da água nas Estações de Tratamento de Água (ETAs) até a distribuição final do produto tratado ao consumidor. Contamos com uma equipe de profissionais capacitados, que fazem o monitoramento 24 horas por dia, em tempo real”, explica Jocimar.

Continua depois da publicidade

Moradora do bairro Monte Cristo, a comerciante Patrícia Aparecida Turini Campos, 36 anos, falou da importância do relatório da qualidade da água para a população. “Recebi e li o relatório. Ele traz as etapas de tratamento e outras informações sobre o que é feito para garantir que a água chegue própria para o consumo em nossas casas”, disse.

O relatório com os dados de 2018 foi distribuído com a conta de água do mês de março. A entrega do documento atende ao Decreto Federal nº 5.440/2005, à Portaria de Consolidação nº 5/2017, anexo XX, do Ministério da Saúde, e a Lei nº 8.078/1990.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].