Segurança

Índices de segurança melhoram com operação integrada em Cachoeiro

COMPARTILHE
1051

Iniciada há quase dois meses, a operação integrada “Cavalo de Aço” vem colaborando para melhorar os índices da área de segurança pública em Cachoeiro de Itapemirim. É o que apontam estatísticas divulgadas na última reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), nesta quinta-feira (12).

Carro sai da pista, derruba poste e interrompe sinal de internet em Guaçuí

Um acidente automobilístico causou a interrupção do sinal de internet de empresas via cabo...

Após quatro anos, suspeito de matar a ex-mulher na frente da filha é preso em Guarapari

Um crime que aconteceu há quatro anos, no bairro Terra Vermelha, em Vila Velha,...

Polícia Ambiental apreende arma e pássaros silvestres em zona rural de Muniz Freire

A Polícia Militar Ambiental apreendeu nesta sexta feira (19) uma arma, munições e vários...

Desde a primeira tarefa, em 20 de fevereiro, a Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito (Semset) e o 9º Batalhão da Polícia Militar já realizaram, em diferentes regiões da cidade e do interior, 26 ações conjuntas, nas quais abordaram 1.985 veículos (destes, 99% são motocicletas) e 2.280 pessoas, apreendendo 256 motos, quatro carros, 47 certificados de registro de licenciamento de veículo (CRLV) e sete CNH (Carteira Nacional de Habilitação), além de terem emitido um total de 327 autos de infração.

“Para Cachoeiro, que possui hoje 115 mil veículos licenciados, dos quais 32 mil são motocicletas e motonetas, esses saldos são relevantes”, avalia Ruy Guedes Barbosa Junior, secretário municipal de Segurança e Trânsito, ao frisar que a “Cavalo de Aço” surgiu com foco na redução de crimes de roubos a pessoas em vias públicas, a estabelecimentos comerciais e, também, contra o patrimônio.

Continua depois da publicidade

Ele destaca que, de acordo com informações levantadas junto à PM, foram registrados na cidade, em fevereiro, 79 casos de pessoas roubadas. Em março, esse índice foi para 70, o que significa uma queda de 11,39%. Quanto aos roubos em estabelecimentos comerciais, houve 15 registros em fevereiro, contra 10 em março (33% a menos).

Já no comparativo anual, acrescenta Guedes, o município teve, em março de 2018, 91 crimes contra a pessoa em vias públicas. Em 2019, no mesmo período, foram 70 casos, o que representa uma redução de 23,7%.

“Vamos continuar trabalhando para melhorar, ainda mais, esses índices. Alinharemos as próximas ações, corrigindo o que for necessário”, afirma o secretário, ao lembrar que, neste mês, a “Cavalo de Aço” recuperou uma moto com restrição de roubo e furto. “E não é a primeira que apreendemos”, complementa.

Ação colabora, também, na diminuição de acidentes e de vítimas

O secretário municipal de Segurança e Trânsito considera, também, que a operação integrada pode estar contribuindo para a redução de acidentes de trânsito registrados pela Santa Casa de Cachoeiro, referência em trauma.

Segundo ele, foram 160 acidentes em março do ano passado e 125 em março deste ano, o que indica uma queda de 21,87%. Já as vítimas envolvidas somam 169 em março de 2018 e 130 em março de 2019, apontando uma queda de 23%.

Publicidade