Segurança

Corpo de Jonas Amaral deve ser sepultado nesta terça (9)

COMPARTILHE
2203
Advertisement
Advertisement

O corpo de Jonas Amaral deve ser liberado nesta terça-feira (9) para sepultamento. A família de Espera Feliz, em Minas Gerais, deve comparecer ao Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim ainda pela manhã de hoje.

De acordo com Osmar Aarestrup, advogado que representa a família de Jonas, o sepultamento deve ocorrer nesta tarde. O corpo será levado à Espera Feliz, onde acontecerá um velório simbólico, de apenas uma hora. Em seguida seguirá para o enterro, no cemitério municipal.

Jonas foi encontrado morto no dia 23 de março, preso em uma árvore, já em estado avançado de decomposição, dias após ter espancado a então namorada, Jane Cherubim, de 36 anos. A perícia apontou a causa da morte como suicídio.

Advertisement

O crime

Continua depois da publicidade

Na madrugada do dia 4 de março, Jane Cherubim, 36 anos, saiu de uma choperia, onde trabalhava aos fins de semana junto à Jonas para ir para casa. O irmão de Jane, que é gerente no local percebeu que Jane e o então namorado seguiram para direção oposta à de Espera Feliz, município mineiro onde o casal morava.

Cleiton, irmão de Jane, teve mal pressentimento e ligou para a mulher. A ligação foi atendida por Jonas, que afirmou ter se desentendido com a namorada e que ela estaria em casa.

Pelo tom de Jonas, que aparentava estar transtornado, Cleiton chamou outro irmão, Salvador, e seguiram até a casa de Jane, mas ela não estava na residência. Após buscas pela região, a vítima foi encontrada desmaiada, desfigurada e seminua, em uma curva.

Pouco depois de agredir a companheira, Jonas enviou um áudio para mãe de Jane, falando que havia se desentendido com a namorada e que estava ‘cansado daquela vida hipócrita’.

Advertisement

Jane precisou ser hospitaliza e recebeu alta cerca de 10 dias após o crime. Ela ficou com sequelas nos olhos, e vai precisar de acompanhamento. A vendedora gravou um vídeo, dias depois, agradecendo à equipe médica e às orações recebidas.

Com exclusividade, Salvador Cherobim, contou à reportagem do Aqui Notícias que perdoava Jonas, mas desejava justiça, e que Jonas fosse preso.

 

Advertisement
Publicidade