Economia

Mercado de crédito dá sinais de desenvolvimento saudável, diz diretor do BC

COMPARTILHE
16

O diretor de Política Econômica do Banco Central, Carlos Viana, afirmou que o mercado de crédito dá sinais de desenvolvimento bastante saudável. É necessário, contudo, segundo ele, olhar os números do setor com “algum cuidado”, uma vez que o financiamento a empresas tem ocorrido mais via instrumentos do mercado de capitais do que por empréstimos tradicionais.

Abono do PIS/Pasep começa a ser pago na próxima quinta-feira

/com informações Agência Brasil   O pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS)...

Bolsas de NY fecham em baixa com Fed e balanços no radar

As bolsas de Nova York encerraram o pregão desta sexta-feira, 19, em queda. Um...

Dólar vai a R$ 3,74 com perspectiva de corte menor de juros pelo Fed

Em uma semana marcada por baixo volume de negócios e agenda local fraca, o...

“Temos de olhar de maneira mais ampla porque há um fenômeno importante de substituição do crédito bancário tradicional da pessoa jurídica para o mercado capitais, onde vemos um quadro bem mais dinâmico. O mercado de crédito brasileiro está provendo consumo e investimentos”, disse Viana, durante a 10ª edição do evento Macro Vision 2019, promovido pelo Itaú Unibanco, no período da manhã, em São Paulo.

Quanto às pessoas físicas, o diretor de política econômica do BC afirmou que os sinais são favoráveis, com crescimento dos empréstimos em modalidades que têm garantias atreladas.

Continua depois da publicidade

“Vemos o mercado de crédito bastante saudável, com expansão de modalidades com boas garantias atreladas, como consignado (com desconto em folha), veículos e antecipação de recebíveis, que, além de terem boa qualidade, contam com segurança e solidez da garantia”, destacou Viana, acrescentando que o cenário atual reforça o diagnóstico do custo elevado do Brasil e a importância da qualidade da garantia nos créditos.

Aline Bronzati e Altamiro Silva Júnior
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade