Internacional

'Tínhamos de fazer tudo certo', diz Michelle sobre ela e Obama na Casa Branca

COMPARTILHE
15
Advertisement
Advertisement

Na última semana, Michelle Obama iniciou uma turnê pela Europa para divulgar seu livro Minha História, que pode se tornar a autobiografia mais vendida de todos os tempos. Em Londres, no último dia 14, a ex-primeira-dama falou sobre a responsabilidade de ela e o marido terem sido (e ainda são) referências negras em uma posição de poder.

George Floyd tinha covid-19, indica autópsia

George Floyd, morto por um policial em Minneapolis, na semana passada, teve covid-19 no...

Pesquisas colocam Trump em situação difícil em Estados-chave

Donald Trump vive o momento mais crítico de seu mandato. Além da convulsão social,...

Centenas comparecem a funeral de George Floyd

Centenas de pessoas em Minneapolis se lembraram nesta quinta-feira, 4, de George Floyd, o...

“Como éramos os primeiros negros, tínhamos de fazer tudo certo, não tinha margem para erro. Nós sabíamos que tínhamos que fazer isso”, disse Michele.

Na ocasião, ela relembrou que, em 2009, na capital britânica, se encontrou com garotas negras e foi a partir disso que ela decidiu iniciar seu projeto voltado para educação de meninas.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

“Percebi que aquelas garotas viram em mim um exemplo de uma mulher negra, como elas”, afirmou. Além dessa iniciativa, ela criou a campanha Let’s Move, que incentiva a alimentação saudável e a prática de exercícios físicos por crianças.

Michelle Obama comentou ainda sobre permanecer fiel a si mesma durante a presidência do marido. “Nós sempre fomos nós mesmos – a presidência não muda quem você é, revela quem você é”, acrescentou.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.