Esporte Nacional

Bruno Alves revela que elenco do São Paulo não sabia do doping de Carneiro

COMPARTILHE
16

Único representante do São Paulo na seleção dos melhores do Campeonato Paulista, premiação organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) na noite de segunda-feira, na capital, o zagueiro Bruno Alves afirmou que o elenco não sabia do doping do atacante Gonzalo Carneiro. O uruguaio foi pego em exame feito pela entidade e gerido pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) por suspeita de uso de cocaína.

Gerson e Pablo Marí festejam chance de poder defender o Fla e jogar Libertadores

Recém-contratados pelo Flamengo, o meia Gerson e o zagueiro espanhol Pablo Marí foram oficialmente...

Com problema muscular, Ralf desfalcará Corinthians por um mês

Depois de ficar de fora do treino desta sexta-feira do Corinthians, o volante Ralf...

Correção: Anderson Varejão não acerta renovação de contrato e deixa o Flamengo

A nota enviada anteriormente continha um erro no segundo parágrafo, relacionado ao valor do...

“Fiquei sabendo agora (segunda-feira). Foi folga, passei o dia longe do celular, fiquei sabendo agora pela imprensa, não tenho conhecimento de nada e eu só espero que dê tudo certo para ele, que a gente está para ajudar ele no que der e vier”, disse o zagueiro, na cerimônia de premiação da FPF.

Carneiro tem até esta quarta-feira para pedir o exame de contraprova. O São Paulo confirma que foi avisado pelo próprio jogador sobre a notificação da ABCD, mas o clube só vai se manifestar quando receber a documentação oficial. Pelo Código Brasileiro Antidoping, ele pode ser punido com até dois anos de afastamento dos gramados.

Continua depois da publicidade

O São Paulo justificou a ausência do atleta na final contra o Corinthians, no último domingo, afirmando que ele estava com uma tendinite no joelho esquerdo. Bruno Alves confirmou o tratamento. “Ele estava com uma tendinite, foi isso que ele tratou a semana inteira. Ele até tentou treinar na sexta-feira e não conseguiu, foi por causa desse motivo que ele ficou de fora”, declarou o zagueiro.

O uruguaio foi contratado pelo São Paulo em abril do ano passado com contrato até 31 de março de 2021. O São Paulo pagou ao Defensor, do Uruguai, 800 mil dólares (R$ 2,6 milhões à época) por 50% dos direitos do atacante. Em 24 partidas (nove neste ano), fez apenas um gol.

Gonçalo Junior
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade