Internacional

Declarações sobre mim no relatório de Mueller são 'totalmente falsas', diz Trump

COMPARTILHE
9

O presidente americano, Donald Trump, usou o Twitter para criticar novamente o relatório do conselheiro especial que investigou por dois anos uma suposta interferência russa nas eleições americanas de 2016, Robert Mueller. Segundo o republicano, as declarações sobre ele mesmo no documento são “fabricadas e totalmente falsas”.

Conservadora alemã se torna a primeira mulher presidente da Comissão Europeia

A conservadora alemã Ursula von der Leyen se tornou nesta terça-feira, 16, a primeira...

EUA prendem ex-presidente do Peru, acusado de receber propina da Odebrecht

O governo dos Estados Unidos prendeu nesta terça-feira, 16, o ex-presidente do Peru Alejandro...

Líder iraniano promete retaliação ao que chama de 'pirataria' pelo Reino Unido

O aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã, disse que o seu país vai...

“Cuidado com as pessoas que tomam as chamadas ‘notas’, quando as notas nunca existiram até serem necessárias”, escreveu Trump na rede social. “Porque eu nunca concordei em testemunhar, não foi necessário que eu respondesse às declarações feitas no ‘relatório’ sobre mim, algumas das quais são total besteira e só dadas para fazer a outra pessoa parecer boa (ou eu ficar mal)”, acrescentou.

Ontem, o Departamento de Justiça (DoJ, na sigla em inglês) americano divulgou a íntegra do relatório de Mueller. O documento mostrou que a Rússia interferiu na eleição presidencial, mas repetidas comunicações com a campanha de Trump não resultaram em uma conspiração criminosa, segundo o órgão.

Continua depois da publicidade

Monique Heemann
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade