Cidades

Vereador cobra do Estado solução para falta de médicos no SML de Cachoeiro

COMPARTILHE
387

O Serviço Médico Legal de Cachoeiro (SML) tem sofrido com a falta de médicos especialistas, principalmente no período de férias de verão, o que fere o princípio legal da dignidade da pessoa humana e o princípio da continuidade do serviço público, causando graves prejuízos para a população do Sul do estado.

Oito vagas de emprego disponíveis no Sine de Cachoeiro nesta terça (21)

A agência do Sine de Cachoeiro está com oito vagas de emprego em aberto...

Guaçuí é o município mais transparente da região do Caparaó

O Índice de Transparência Passiva (ITP-e) das prefeituras e câmaras municipais capixabas melhorou em...

Veja como fica o tempo nesta terça-feira (21) no Sul do ES

Uma massa de ar seco deixa a terça-feira (21) com predomínio de sol. Não...

A constatação é do vereador Edison Fassarella (PV), que mostrou sua preocupação com o assunto na sessão desta terça-feira (12). Fassarella anunciou que enviará ofício ao Governador Renato Casagrande e ao Secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Sá, solicitando a solução do problema.

Continua depois da publicidade

“O serviço precisa ser regularizado com urgência, para evitar que famílias já atingidas pela tragédia da morte de seus entes queridos ainda tenham que aguardar a passagem do final de semana ou a chegada de equipes da capital para fazerem o trabalho. É uma questão de humanidade”, diz Fassarella. Segundo ele, o ofício será encaminhado esta semana ao governo e possui a assinatura de todos os vereadores.

Região Sul

O SML é responsável por fazer todos os trâmites para a liberação de vítimas de mortes violentas, como acidentes de trânsito, homicídios, suicídios e latrocínios, entre outros. A unidade de Cachoeiro atende a pelo menos 33 municípios da Região Sul, e a falta de médicos tem sido motivo de reclamações constantes dos moradores junto aos vereadores e à imprensa local.

Publicidade