Agronegócio Regional

Programa de hora-máquina reduz custos de produtores rurais em Cachoeiro

COMPARTILHE
Divulgação PMCI
167
Advertisement
Advertisement

Em Cachoeiro de Itapemirim, os produtores rurais podem contar com o suporte de maquinário da Secretaria Municipal de Agricultura e Interior (Semai) para realização de serviços em suas propriedades. Garantido por lei, o benefício tem ajudado os agricultores a reduzirem custos de produção.

Saiba como o modo de coar o café pode estar prejudicando sua saúde

Os primeiros pés de café foram plantados no Brasil em 1727 vindos da Guiana...

“Póde Mulheres”: elas protagonizam no agro capixaba

A mulherada protagoniza duas iniciativas empreendedoras no agro capixaba. Em Muqui, o Núcleo Feminino...

ExpoSul Rural 2020 terá encontros de jovens do campo

A ExpoSul Rural 2020, que será realizada de 1º a 5 de abril, no...

Por preços bem mais acessíveis que os praticados no mercado, os produtores têm acesso a serviços como pá carregadeira, retroescavadeiras, tratores agrícolas e caminhões da Semai, graças a descontos que variam de 50% a 90%, de acordo com o tamanho da propriedade.

Para se ter uma ideia, se a hora do serviço com trator custa em média R$ 130,00 no mercado, por meio do programa da Semai ela custa apenas R$ 13,00, no caso de uma propriedade de até um alqueire, que tem direito a 90% de desconto.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Mais de 170 produtores já foram beneficiados pelo programa. Silvana Márcia Contarine, 55 anos, produtora de café e frutas, na localidade de Tijuca, usa os serviços há dez anos. “Sempre uso o trator e a máquina para arar. O programa ajuda muito, pois o valor é muito bom e ainda temos um excelente atendimento da equipe. Seria muito difícil manter nossas plantações e comercializar nossas mercadorias, se não tivéssemos esse apoio”, diz.

“Essa é uma das atividades mais importantes da Semai, porque atende diretamente as demandas mais imediatas dos produtores, como o preparo do solo, plantio, confecção e transporte de silagem, construção de estradas internas, construção de caixas secas, entre outras intervenções. Fazemos esse trabalho com a maior satisfação e sabemos que o resultado é muito positivo”, afirma o secretário de Agricultura e Interior do município, Robertson Valladão, que ressalta que os recursos arrecadados com o programa vão para o Fundo Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, sendo reaplicados em investimentos no campo.

Como contratar o serviço

O benefício é garantido pela Lei 6280/2009, também conhecida como Lei da hora-máquina. É concedido aos produtores rurais, parceiros agrícolas, arrendatários, posseiros e comodatários que possuem inscrição de produtor rural e bloco de nota fiscal de produtor rural na Receita Estadual.

Cada produtor pode utilizar até 25 horas por ano, com direito a acompanhamento técnico de profissionais capacitados.  Para ter acesso ao serviço, o interessado deve comparecer ao Parque de Exposições, no Aeroporto, com seus documentos pessoais, o cartão de inscrição estadual e bloco de notas fiscais. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (28) 3155- 5359.

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.