Agronegócio Regional

Programa de hora-máquina reduz custos de produtores rurais em Cachoeiro

COMPARTILHE
Divulgação PMCI
85

Em Cachoeiro de Itapemirim, os produtores rurais podem contar com o suporte de maquinário da Secretaria Municipal de Agricultura e Interior (Semai) para realização de serviços em suas propriedades. Garantido por lei, o benefício tem ajudado os agricultores a reduzirem custos de produção.

“Ação no Campo” multiplica terreiros de cimento no interior de Guaçuí

Facilitar o trabalho dos produtores rurais e colaborar na melhoria da qualidade do café...

Produtores rurais de Cachoeiro participam de formação sobre agroindústria

Um curso sobre Agroindústria Profissional direcionado a produtores rurais de Cachoeiro foi iniciado nesta...

Produtores de Alegre vão participar do III Concurso de Qualidade do Cacau Capixaba

Produtores de Alegre confirmaram presença no III Concurso de Qualidade do Cacau Capixaba. As...

Por preços bem mais acessíveis que os praticados no mercado, os produtores têm acesso a serviços como pá carregadeira, retroescavadeiras, tratores agrícolas e caminhões da Semai, graças a descontos que variam de 50% a 90%, de acordo com o tamanho da propriedade.

Para se ter uma ideia, se a hora do serviço com trator custa em média R$ 130,00 no mercado, por meio do programa da Semai ela custa apenas R$ 13,00, no caso de uma propriedade de até um alqueire, que tem direito a 90% de desconto.

Continua depois da publicidade

Mais de 170 produtores já foram beneficiados pelo programa. Silvana Márcia Contarine, 55 anos, produtora de café e frutas, na localidade de Tijuca, usa os serviços há dez anos. “Sempre uso o trator e a máquina para arar. O programa ajuda muito, pois o valor é muito bom e ainda temos um excelente atendimento da equipe. Seria muito difícil manter nossas plantações e comercializar nossas mercadorias, se não tivéssemos esse apoio”, diz.

“Essa é uma das atividades mais importantes da Semai, porque atende diretamente as demandas mais imediatas dos produtores, como o preparo do solo, plantio, confecção e transporte de silagem, construção de estradas internas, construção de caixas secas, entre outras intervenções. Fazemos esse trabalho com a maior satisfação e sabemos que o resultado é muito positivo”, afirma o secretário de Agricultura e Interior do município, Robertson Valladão, que ressalta que os recursos arrecadados com o programa vão para o Fundo Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, sendo reaplicados em investimentos no campo.

Como contratar o serviço

O benefício é garantido pela Lei 6280/2009, também conhecida como Lei da hora-máquina. É concedido aos produtores rurais, parceiros agrícolas, arrendatários, posseiros e comodatários que possuem inscrição de produtor rural e bloco de nota fiscal de produtor rural na Receita Estadual.

Cada produtor pode utilizar até 25 horas por ano, com direito a acompanhamento técnico de profissionais capacitados.  Para ter acesso ao serviço, o interessado deve comparecer ao Parque de Exposições, no Aeroporto, com seus documentos pessoais, o cartão de inscrição estadual e bloco de notas fiscais. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (28) 3155- 5359.

Publicidade