Espírito Santo

Polícia Civil do ES abre concurso para preencher 33 vagas com salários de até R$ 10 mil

COMPARTILHE
Arquivo Aqui Notícias/Pâmela Koppe
3990

As inscrições para o preenchimento das 33 vagas para o cargo de delegado de polícia começaram nesta sexta-feira (22) e vão até o dia 24 de abril. O subsídio inicial é de R$ 10.058,56, com dedicação exclusiva e carga horária de 40 horas semanais. Pela primeira vez o concurso terá uma prova oral entre suas etapas. A prova objetiva está marcada para o dia 14 de julho.

Com tema super heróis, detentos produzem perucas e doam a crianças com câncer no ES 

O mundo dos personagens infantis foi a proposta pensada pela Penitenciária de Segurança Média...

Desconto de até 40% em multas de trânsito no ES com novos serviços digitais

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) lançou, na manhã desta segunda-feira...

Espírito Santo realiza Copa Cerveja Brasil, premia 65 marcas e elege os destaques do ano

Foram três dias de avaliações, envolvendo mais de 40 especialistas de todo o país....

O delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, ressaltou que este concurso é de extrema importância para a instituição. A seleção recompõe parte do efetivo e possibilita reforço no atendimento nos plantões e no interior do Estado. “Os futuros delegados assumirão um cargo que demanda grande responsabilidade, eles serão os responsáveis por dirigir e coordenar as atividades de nossa Instituição”, afirmou.

Concurso

Continua depois da publicidade

A banca organizadora escolhida para realizar o concurso foi o Instituto Acesso. A taxa de inscrição é de R$ 138,00 e deve ser feita pelo site do instituto (https://pces.institutoacesso.org.br/informacoes/2/). Haverá isenção da taxa de inscrição para o candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), aquele que é isento de apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda de Pessoa Física ou ainda se for doador de medula óssea. A isenção deverá ser solicitada somente por internet até o dia 10 de abril.

O certame terá sete etapas. A primeira será a prova objetiva, a segunda é composta pela prova discursiva e na terceira serão realizados os exames de aptidão física, sanidade física e metal e o psicotécnico. A prova oral será realizada na quarta etapa.

Na fase seguinte acontece a avaliação de títulos e a comprovação do tempo mínimo de prática forense ou atividade policial. Na penúltima etapa, será feita a sindicância de vida pregressa. Por fim, o curso de formação compõe a sétima etapa, quando o candidato passará a receber o auxílio financeiro de R$ 5.029,28. Cinco por cento das vagas serão destinadas aos candidatos portadores de deficiência.

Requisitos do concurso

O candidato deverá apresentar comprovação de curso superior de Bacharel em Direito, comprovar três anos de prática forense após a conclusão do curso de Direito, ou três anos de atividade policial em qualquer instituição de segurança pública prevista no art. 144 da Constituição Federal.

“Buscamos indivíduos capazes de assumir responsabilidades e liderar equipes. O candidato deve estar consciente de que a função do policial é servir a sociedade. E é muito importante que ele não se esqueça da preparação para a prova oral, uma novidade, e para a prova física”, ressaltou o delegado geral.

Os demais requisitos para o cargo estão no edital do concurso e na Lei Complementar nº 844/2016.

Edital de Abertura de Concurso Público nº 001/2019 –   Download

Publicidade