Espírito Santo

Pesquisa aponta ES como maior produtor de ovos do Brasil

COMPARTILHE
143

O último levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta a cidade de Santa Maria de Jetibá como a maior produtora de ovos do Brasil.

Sedu abre mais de três mil vagas para Cursos de Idiomas para a Rede Pública do ES

Começaram, nesta sexta-feira (15), as inscrições do processo seletivo para os cursos de inglês...

Governador inaugura subestação de energia e assina convênio em municípios do Sul e Litoral

O governador do Estado, Renato Casagrande, fez a primeira visita oficial em sua cidade...

Plano de Aviação Regional do ES será beneficiado com concessão do Aeroporto de Vitória

Com o leilão da concessão do Aeroporto de Vitória, em conjunto com o Aeroporto...

Entre os anos de 2006 e 2017, a produção do município cresceu 35%, passando de duzentos e cinquenta milhões para trezentos e quarenta milhões de ovos por ano.

A Pesquisa do IBGE mostra ainda que a produção de aves do Espírito Santo cresceu 115% e a de ovos 174%, o que fez do Espírito Santo um dos principais estados produtores no Brasil.

Continua depois da publicidade

Reunião com avicultores e suinocultores

A Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) reuniu-se, nessa quarta-feira (28), com avicultores e suinocultores do Espírito Santo para definir estratégias que vão beneficiar os produtores capixabas nos próximos anos.

No encontro, os representantes da Associação dos Suinocultores do Espírito Santo (Ases) e Associação dos Avicultores do Estado do Espírito Santo (Aves) definiram, junto com a Secretaria, algumas diretrizes para melhorar a logística de distribuição de produtos e recebimento de mercadorias no Estado.

Durante o encontro, o Secretário Paulo Foletto falou da importância dos setores para o Espírito Santo. “Eu sei qual é o tamanho da nossa produção e os impactos dela na economia. Vou me reunir com o governador Renato Casagrande, apresentar as questões e desenvolver estratégias para atender as demandas, tanto dos avicultores quanto dos suinocultores”, afirmou.

Publicidade