Segurança

Namoradas são condenadas por matar lavrador em Mimoso do Sul

COMPARTILHE
Foto: Beto Barbosa
5382

Duas mulheres acusadas de matar o lavrador Orlando Pereira Santos, 46 anos, brutalmente assassinado na localidade de Cachoeira das Garças, no distrito de Ponte do Itabapoana, em Mimoso do Sul, foram condenadas na tarde desta quarta-feira (13).

Posto de combustível é alvo de fiscalização da Polícia Ambiental e tem atividades paralisadas em Alegre

Um posto de combustível foi interditado pela Polícia Militar Ambiental (PMA) na manhã desta...

Rio Novo do Sul: bandidos trocam tiros com a PM, fogem por matagal e polícia pede que população denuncie

A Polícia Militar apreendeu na manhã desta quarta-feira (17), uma arma, calibre 38, com...

Caminhão carregado com côco tomba na BR 101 e deixa trânsito lento em Piúma

Um acidente na tarde desta terça-feira (17), deixou um trecho da BR 101, na...

O crime, ocorrido em março de 2017, chocou os moradores da comunidade, e foi motivado, segunda a justiça, por futilidade.

Marinete Timer, 56 anos, e Eliane Ivo Correia da Silva, 35 anos, planejaram o crime após um adolescente, filho de Marinete, de 16 anos, na época, se sentir ofendido por ter sido xingado pelo ex da mãe, a vítima. Ele pediu ajuda ao casal para se vingar, e foi atendido.

Continua depois da publicidade

O corpo de Orlando foi encontrado dias após um crime, já em estado de decomposição em uma mata. Na casa do lavrador, havia sangue da vítima. A polícia acredita que o homem tenha sido morto em casa e jogado no local após o crime.

Marinete e Eliane receberam pena de 20 e 22 de prisão.

As mulheres, após presas, foram encaminhadas para o Centro de Detenção Provisória (CDP) Feminino e devem ser encaminhadas à uma penitenciária fermina a partir de desta quinta (14). O adolescente foi conduzido ao Instituto de Atendimento Sócio Educativo (Iases).

Publicidade