Política Regional

Massacre em escola: governador do ES reforça que é a favor do desarmamento

COMPARTILHE
3676

O massacre ocorrido hoje (13) na escola de Suzano, onde dois ex-alunos invadiram o local armados e mataram sete pessoas (cinco alunos e dois funcionários), depois se suicidaram e minutos antes atiraram em um tio dos atiradores, retomou a discussão sobre a liberação do uso de armas para civis.

Prefeitura de Iúna realiza leilão de 70 veículos usados

A Prefeitura de Iúna, através da Secretaria de Interior e Transportes, convida a população...

Luciano Pingo discute novo MDB em Brasília nesta terça-feira (19)

O prefeito de Ibatiba, Luciano Pingo, participa hoje, em Brasília, de um debate sobre...

Com novas eleições, Irupi deve ter três candidatos

As conversas em torno das eleições que acontecerá em Irupi, no dia 5 de...

O governador do Espírito Santo Renato Casagrande (PSB) opinou sobre o tema e se manifestou por meio de nota reafirmando sua posição a favor do desarmamento. “Lamento esse triste incidente, que precisa ser alvo de reflexão por toda nossa sociedade sobre o futuro que precisamos construir. Escola tem que ser lugar de segurança e esperança. Defendo a diminuição da circulação de armas para evitar que ocorram tragédias como essas”, ressalta Casagrande.

O governador disse acompanhar de forma consternada a notícia da tragédia ocorrida na manhã desta quarta-feira. “Neste momento, externo o meu pesar e de todos os capixabas às famílias, parentes e amigos das vítimas”. disse.

Continua depois da publicidade