Cidades

Educação de Bom Jesus do Norte é destaque no Paebes

COMPARTILHE
166

As escolas da rede pública de Bom Jesus do Norte têm muito o que comemorar. O município ficou em primeiro lugar no Programa de Avaliação da Educação Básica do Espírito Santo (Paebs) 2018, na disciplina de língua portuguesa, no quesito de escrita e leitura.

Dentistas da prefeitura levam ações de prevenção em saúde bucal a escolas

Por meio de sua equipe de dentistas, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) vem...

Secretário preso na Operação Ouro Velho recebe liberdade provisória

O Juíz Bruno Fritoli Almeida, da Comarca de Guaçuí, concedeu o alvará de soltura...

Mesmo com caixa garantido em R$ 500 milhões, Marataízes não consegue superar problemas de alagamentos

Mesmo com recursos garantidos, de forma retroativa, em R$ 500 milhõe oriundos de um...

A colocação é referente a regional de Guaçuí, que contempla 12 municípios: Bom Jesus do Norte, Guaçuí, Alegre, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, São José do Calçado, Apiacá, Iúna, Ibatiba, Ibitirama, Irupi e Muniz Freire.

Foram avaliados alunos do 1º, 2º, 3º, 5º e 9º ano do ensino fundamental. A professora Adriana Soares teve uma aluna em primeiro lugar com a avaliação do Paebes e comentou a satisfação em receber o resultado. “Eu trabalho há 21 anos como professora e a gente que trabalha com educação é movido pelo desejo de melhorar a sociedade. Eu fiquei feliz em ter uma aluna avaliada em primeiro lugar na literatura, é uma recompensa. Quer gratificação maior do que essa?”, disse.

Continua depois da publicidade

A melhoria na qualidade do ensino no município tem evoluído desde 2017. Outra avaliação realizada pelo Instituto de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mostrou um crescimento de 170% na qualidade do ensino no município. A nota das escolas saltou de 2,0 para 4,7.

O secretário municipal de Educação, Rogério Cantelle Tavares, disse que os índices estão sendo comemorados por toda a equipe da Secretaria Municipal de Educação. “Estamos comemorando os resultados com uma série de planejamentos, iniciamos um trabalho há dois anos com um índice muito abaixo do que temos hoje. Nossa meta é elevar as notas para 5,0 até o final ano. Estamos caminhando bem porque a administração municipal tem feito bons investimentos na educação”, disse.

Rogério esclareceu que as ações que foram feitas para melhorar o desempenho na educação não foram inspiradas em modelos prontos. Ele avalia a integração entre família e escola como um fator considerável para atingir o resultado. “ As pessoas me questionam sobre o resultado e na verdade não existem fórmulas. O que fizemos foi muito simples conseguimos envolver os pais na vida escolar dos alunos e por meio desse envolvimento eles atingiram a consciência da importância da educação. A prefeitura começou a pagar o piso nacional para os professores, como uma forma de valorizar o empenho deles. Agradeço a cada um deles que tem se esforçado para melhorarmos nossos resultados”. finalizou.

Publicidade