Segurança

Delegacia Online ajuda a desafogar DPJ’s do Sul do ES

COMPARTILHE
363

Assim como a internet tem sido ‘passaporte’ para bandidos cometerem seus crimes, a rede também vem sendo muito usada para ajudar a polícia na elucidação destes delitos. Considerado um avanço no atendimento policial, a Delegacia Online vem se destacando nos serviços cibernéticos.

Homem que matou amigo por causa de empréstimo é preso por policiais civis de Castelo

A equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Castelo prendeu nessa terça-feira (21) E....

Morador de rua agride mulheres no Centro de Cachoeiro e acaba preso; veja vídeo

Um morador de rua acabou preso na manhã desta quarta-feira (22), no Guandu, região...

Força Tática prende três por tentativa de homicídio em Marataízes

A Força Tática da PM prendeu na noite desta terça-feira (21), três homens suspeitos...

O sistema, que foi implantando em 2014, atualmente funciona em todas as delegacias do Espírito Santo. O atendimento virtual contribui na otimização para o registro das ocorrências, reduzindo o tempo de espera do cidadão na delegacia de polícia.

As demais ocorrências, dependem de validação dos policiais civis, e tem prazo máximo de 10 dias úteis para serem validadas. Pode-se registrar pela Delegacia Online os crimes de furto e roubo de objetos, como por exemplo, celulares, perda de documentos, e ocorrências para fins de direito, como por exemplo, ter sido vítima ao ter cartão de crédito clonado, ou algum registro que seja necessário anexar futuramente em um processo. Para isso, basta entrar no site http://delegaciaonline.sesp.es.gov.br .

Continua depois da publicidade

As ocorrências de perda e extravio de documentos são validadas automaticamente pelo sistema, que envia o boletim para o e-mail cadastrado pelo cidadão.

Em outros casos, é necessário que o cidadão procure a delegacia do município para registrar a ocorrência, de 8h às18h, depois deste horário é preciso procurar uma unidade plantonista, que são, na região Sul, a delegacia de Alegre, Cachoeiro de Itapemirim, Itapemirim e Venda Nova do Imigrante.

Publicidade