Política Nacional

MPF denuncia Cabral pela 29ª vez

COMPARTILHE
13

Pela 29ª vez, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (MDB), como parte da Operação Consigliere, um dos braços da Lava Jato no Estado.

Haddad: não tem hipótese de ser cada um por si na esquerda em 2020

Candidato derrotado do Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições presidenciais de 2018, o ex-prefeito...

Carlos Bolsonaro e Major Olimpio trocam insultos nas redes sociais

Um dia após a Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC) ter destacado a necessidade...

Gleisi, Haddad e Suplicy participam de ato por Lula em São Paulo

Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniram na avenida Paulista, em...

Além do ex-governador, também foi denunciado o secretário estadual da Casa Civil nos dois mandatos de Cabral Regis Fichtner e o coronel da PM Fernando França. Os dois, que já se encontram presos preventivamente, são acusados de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

De acordo com a denúncia, Fichtner era uma figura central na organização criminosa comandada pelo ex-governador. Como chefe da Casa Civil, era o responsável por buscar soluções jurídicas para justificar eventuais alterações contratuais, editais de licitação, benefícios fiscais, contratação de obras. Fichtner teria recebido R$ 4,9 milhões em propina, com anuência do ex-governador.

Continua depois da publicidade

Roberta Jansen
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade