Política Nacional

MPF denuncia Cabral pela 29ª vez

COMPARTILHE
13

Pela 29ª vez, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (MDB), como parte da Operação Consigliere, um dos braços da Lava Jato no Estado.

Vazamento de diálogos põe Brasília em alerta

"Telefone só serve para marcar reunião em lugar errado." A frase citada pelo deputado...

Juiz Bretas debate separação de Poderes no Twitter e cita passagem da Bíblia

O juiz federal Marcelo Bretas, que atua na 7ª Vara Federal Criminal do Rio...

Confio em Moro, mas confiança 100% é só em pai e mãe, afirma Bolsonaro

Um dia após novos vazamentos de conversas do ministro da Justiça, Sergio Moro, reveladas...

Além do ex-governador, também foi denunciado o secretário estadual da Casa Civil nos dois mandatos de Cabral Regis Fichtner e o coronel da PM Fernando França. Os dois, que já se encontram presos preventivamente, são acusados de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

De acordo com a denúncia, Fichtner era uma figura central na organização criminosa comandada pelo ex-governador. Como chefe da Casa Civil, era o responsável por buscar soluções jurídicas para justificar eventuais alterações contratuais, editais de licitação, benefícios fiscais, contratação de obras. Fichtner teria recebido R$ 4,9 milhões em propina, com anuência do ex-governador.

Continua depois da publicidade

Roberta Jansen
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade