Internacional

Bolsonaro convida Trump para visita ao Brasil: 'Será muito bem recebido'

COMPARTILHE
12

O presidente Jair Bolsonaro discursa na Casa Branca reiterando alianças com os Estados Unidos, com destaque para a área de energia, que merecerá um fórum especial. Segundo Bolsonaro, acordos firmados na visita desta semana “abrem um capítulo inédito entre os países”, ao retomar assuntos que estavam na pauta “há décadas”.

Futuro governo britânico já está ameaçado

O ex-chanceler Boris Johnson é o favorito para substituir a premiê Theresa May à...

Crime organizado se infiltrou na polícia holandesa, diz relatório

Um relatório da polícia holandesa indica que o crime organizado tem se infiltrado nas...

Alejandro Toledo é preso nos EUA e luta para evitar extradição ao Peru

Autoridades dos EUA prenderam ontem o ex-presidente do Peru Alejandro Toledo, a pedido da...

Ele abriu seu discurso agradecendo a recepção dos Estados Unidos e convidando Trump a visitar o Brasil. “Será muito bem recebido”, afirmou. “É hora de superar as diferenças. Hoje, o Brasil tem presidente que não é antiamericano. O apoio americano à entrada do Brasil na OCDE será compreendido como um gesto de união”, acrescentou o presidente brasileiro em coletiva de imprensa.

Segundo Bolsonaro, a cooperação militar também tem se ampliado. “O combate ao terrorismo e crime organizado é questão de urgência. O restabelecimento da democracia na Venezuela é de interesse dos dois países”, disse.

Continua depois da publicidade

Ricardo Leopoldo; Beatriz Bulla; Altamiro Silva Júnior e Fernanda Nunes
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade