Política Nacional

Em nota, OAB diz que apoia investigação do 'ataque de milícias digitais' ao STF

COMPARTILHE
11

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) expressou apoio público à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de abrir um inquérito para apurar possíveis crimes contra a honra a segurança de ministros e familiares. Para a OAB, o Supremo está sob ataque de “milícias digitais”.

Atos no domingo expõem 'racha' na direita

As manifestações do dia 26 de maio, convocadas por simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro...

Atos no domingo expõem 'racha' na direita

As manifestações do dia 26 de maio, convocadas por simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro...

'Setor privado não investe em ditaduras', afirma Maia

Com o Congresso como um dos focos dos atos marcados para domingo, 26, o...

Leia a íntegra da nota abaixo:

“O Conselho Federal da OAB manifesta seu apoio à decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, de determinar a investigação das ameaças e da disseminação de notícias falsas contra os membros da Corte.

Continua depois da publicidade

Ação semelhante parece ter sido orquestrada contra a advocacia nacional, que nos últimos meses se viu alvo de notícias falsas (fake news), denunciações caluniosas e ameaças que buscam atingir a honra das advogadas e dos advogados brasileiros. A Ordem, inclusive, solicitará à Polícia Federal que investigue se esses ataques partiram das mesmas pessoas que agora investem contra o Supremo.

A apuração dos fatos é fundamental para o esclarecimento dos ataques e para a possível punição dos responsáveis por essas verdadeiras milícias digitais, que minam os pilares de nossa sociedade.

Como destacou o próprio ministro Dias Toffoli, não existe democracia sem um Judiciário forte e independente e sem uma imprensa livre.”

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade