Cidades

Procon fiscaliza margem de lucro de postos de combustíveis em Cachoeiro

COMPARTILHE
Divulgação
345

O Procon de Cachoeiro vem percorrendo todos os postos da cidade para verificar cópias de notas fiscais de compra e venda de combustíveis, com o objetivo de conferir se o lucro obtido está dentro do patamar de 20%.

Prefeitura de Guaçuí realiza obra em trecho da Beira Rio que estava desmoronando

A prefeitura de Guaçuí, por meio da Secretaria Municipal de Obras, Infraestrutura e Serviços...

Capixaba que recebeu achocolatado no lugar de celular será indenizada

A 1° Vara de Santa Maria de Jetibá condenou uma loja virtual, e uma...

Empresa que presta serviços para Samarco contrata moradores de Anchieta

A agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Anchieta recebeu ontem (22) funcionários...

Estabelecida em Termo de Ajuste de Conduta (TAC), a porcentagem de rendimento foi definida entre Ministério Público (MP) e donos desses estabelecimentos.

Essa fiscalização começou em 2018 e continuará a ser feita, ao longo deste ano, pelo órgão municipal de defesa do consumidor, que apura, também, as notas fiscais dos fretes, que são calculadas com as de compra e venda de combustíveis. O resultado dessas somas é enviado ao MP.

Continua depois da publicidade

“O intuito principal desse trabalho é fiscalizar o TAC, para coibir práticas abusivas, conforme artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, e também a precificação, que é o direito à informação, um dos princípios pilares do CDC”, explica o coordenador do Procon de Cachoeiro, Rogério Athayde.

Além dessa fiscalização, o órgão realiza pesquisas periódicas de preços de combustíveis, que são divulgadas no site da prefeitura (www.cachoeiro.es.gov.br).

“É importante dizer que estamos firmando parceria com o Procon Estadual e o Instituto de Pesos e Medidas do Espírito Santo, para fiscalizarmos e analisarmos a qualidade do combustível dos postos de Cachoeiro”, adianta Athayde.

Publicidade