Economia

BNDES aprova financiamento de R$ 140 milhões para fabricante de vidros

COMPARTILHE
13

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um financiamento de R$ 140 milhões para a AGC Vidros do Brasil, empresa fabricante de vidros com atuação em São Paulo. Os recursos representam 20% do investimento total da companhia num projeto para ampliar a capacidade de produção da fábrica do grupo em Guaratinguetá, no interior do Estado.

Correção: Bloqueio de verba foi superior a 40% em 300 projetos

A matéria enviada às 13h08 de hoje continha uma incorreção no quinto parágrafo. Em...

Vale realiza obras para conter lama da barragem de Cocais

A Vale iniciou obras para erguer um muro e tentar conter a lama da...

Venezuela: Postos de combustíveis em Maracaibo registram longas filas

As sanções dos Estados Unidos contra a Venezuela, grande produtor de petróleo, parecem fazer...

Em nota, o banco de fomento explica que o plano inclui a criação de uma segunda unidade de produção de vidros planos e vidros automotivos e de uma unidade de produção de vidros coater, além da ampliação do armazém para estocagem de produtos A expectativa é que a operação, financiada pelo BNDES através da linha Finem Direto, gere 600 empregos temporários e outros 300 definitivos, diz o comunicado.

A AGC Vidros do Brasil pertence ao grupo japonês Asahi Glass Company, que atua mundialmente na fabricação de vidros para os setores automotivos, eletrônico e construção civil. Com a ampliação prevista no projeto, a capacidade de produção da fábrica de Guaratinguetá passará das atuais 600 toneladas por dia de vidros planos para até 1.450 toneladas por dia, informou o BNDES.

Continua depois da publicidade

Daniela Amorim
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade