Esporte Nacional

Vinicius Junior dá bela assistência, Real bate Ajax fora de casa e encaminha vaga

COMPARTILHE
13

O Real Madrid visitou o Ajax nesta quarta-feira e superou a pressão do adversário para vencer por 2 a 1 e se aproximar das quartas de final da Liga dos Campeões. Dominado em boa parte dos 90 minutos em Amsterdã, o time espanhol mostrou por que é o maior vencedor da competição e ficou em ótima situação para a partida da volta, no dia 5 de março, no Santiago Bernabéu, quando poderá até perder por 1 a 0 para ficar com a vaga.

Com dois gols de Jean Mota, Santos vence Guarani e mantém folga no Paulistão

O Santos conquistou mais uma vitória no Campeonato Paulista com estratégia e brilhos bem...

Levir fecha treino, mas deve manter time do Atlético-MG para encarar o Defensor

O Atlético-MG realizou nesta segunda-feira o último treino no Brasil antes de encarar o...

Borussia Dortmund só empata com lanterna Nuremberg e tem liderança ameaçada

A má fase do Borussia Dortmund foi ampliada nesta segunda-feira. O time completou o...

Mais uma vez titular, Vinicius Junior teve boa atuação e foi o autor da grande jogada que resultou no gol primeiro gol, de Benzema. Ziyech empatou, mas Asensio, já no fim, definiu o triunfo para os madrilenhos, que ainda foram beneficiados por decisão polêmica do árbitro, que, com o auxílio do VAR, anulou gol do Ajax no primeiro tempo.

O Real se surpreendeu com uma postura bastante ofensiva do Ajax, que pressionou a marcação e gerou muitos erros de saída do adversário. O primeiro susto causado por esta postura aconteceu logo aos oito minutos, quando Tadic roubou e entregou para Mazraoui, que finalizou cruzado. Vinicius Junior respondeu aos 13, em boa jogada e chute firme. Onana voou e impediu o gol na única chegada madrilenha no primeiro tempo.

Continua depois da publicidade

O Ajax intensificou a pressão e passou a desperdiçar chances. Aos 25, Tadic aproveitou sobra na entrada da área e bateu cruzado, na trave. Dez minutos depois, após linda troca de passes da esquerda para o meio da área, Ziyech ficou sozinho, de frente para o gol, e finalizou cruzado. Courtois defendeu com o pé.

O goleiro belga poderia ter virado vilão no minuto seguinte. Afinal, após cabeçada fraca de De Ligt, soltou a bola na cabeça de Tagliafico, que marcou. O árbitro validou o gol, mas, alertado pelo VAR, reviu a jogada e assinalou impedimento polêmico de Tadic, que não tocou na bola, mas teria atrapalhado a saída de Courtois.

O Ajax ainda chegou uma última vez no primeiro tempo, com o próprio Tadic, que quase fez um golaço, e voltou melhor também para a etapa final. Aos seis, Van de Beek deu ótima enfiada para David Neres, que invadiu a área mas bateu fraco, facilitando para Courtois.

Aos 14, então, o talento de Vinicius Junior fez a diferença. Reguilón deu lançamento longo para o brasileiro, que dominou de cabeça já tirando de Mazraoui, cortou para o meio, passou por De Ligt e Blind e rolou para Benzema encher o pé, cruzado, sem chances pra Onana.

A partir daí, o Real se fechou e chamou o Ajax, que, cansado, já não mostrava o mesmo ímpeto. Dolberg, que havia acabado de entrar, assustou aos 28, mas errou o chute de dentro da área. E quando o jogo parecia mais controlado pelos visitantes, saiu o empate. Após nova saída errada do rival, David Neres recebeu pela esquerda e tocou no meio para Ziyech, que finalizou para a rede.

Asensio tentou em duas oportunidades de fora da área, mas foi de dentro da área que selou o triunfo aos 41, após cruzamento perfeito de Carvajal e mergulho no vazio de Onana.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade