Esporte Nacional

Em jogo polêmico contra Aparecidense, Ponte Preta é eliminada na Copa do Brasil

COMPARTILHE
22

A Ponte Preta deu adeus de forma precoce ainda na primeira fase da Copa do Brasil, nesta terça-feira, ao perder para a Aparecidense-GO por 1 a 0, no estádio Annibal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO). A classificação do time goiano foi manchada por uma atuação desastrosa do trio de arbitragem cearense liderado por Léo Simão Holanda.

Com dois gols de Jean Mota, Santos vence Guarani e mantém folga no Paulistão

O Santos conquistou mais uma vitória no Campeonato Paulista com estratégia e brilhos bem...

Levir fecha treino, mas deve manter time do Atlético-MG para encarar o Defensor

O Atlético-MG realizou nesta segunda-feira o último treino no Brasil antes de encarar o...

Borussia Dortmund só empata com lanterna Nuremberg e tem liderança ameaçada

A má fase do Borussia Dortmund foi ampliada nesta segunda-feira. O time completou o...

Aos 44 minutos do segundo tempo, Hugo Cabral, em posição irregular, deixou tudo igual para a Ponte Preta. A polêmica se deve ao fato do auxiliar ter corrido para o meio de campo e do árbitro validar o gol. No entanto, após pressão dos jogadores da Aparecidense e de uma possível interferência externa, Léo Simão Holanda voltou atrás e assinalou impedimento.

O péssimo primeiro tempo realizado pela Ponte Preta acabou custando caro. Sem criatividade, o time foi dominado pela Aparecidense, que desperdiçou três boas oportunidades antes de abrir o placar aos 28 minutos. Uederson desarmou Arnaldo e soltou a bomba de fora da área. A bola desviou no meio do caminho e entrou no ângulo do goleiro Ivan.

Continua depois da publicidade

Na etapa final, a Ponte Preta voltou com uma postura mais ofensiva, mas mesmo assim encontrou dificuldades para criar lances de perigo. No melhor deles, Hugo Cabral chutou e Pedro Henrique espalmou. A Aparecidense perdeu a chance de matar o jogo no contra-ataque em duas oportunidades e quase foi castigada aos 44 minutos, quando Hugo Cabral teve um gol anulado de forma polêmica.

Esta não é a primeira vez que a Aparecidense apronta na Copa do Brasil. No ano passado, também pela primeira fase, o time goiano eliminou o Botafogo com uma vitória por 2 a 1 – caiu na etapa seguinte para o Cuiabá. Agora, pela segunda fase, terá pela frente o vencedor do duelo entre Bragantino-PA e ASA-AL, que se enfrentarão nesta quarta-feira no Pará.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade