Política Nacional

Deputados discutem, sem acordo, projeto sobre bloqueio de bens sugerido por Moro

COMPARTILHE
10

Deputados discutem, desde o início da sessão plenária desta terça-feira, 12, o projeto de lei sobre sanções a pessoas e empresas que praticaram crime de lavagem de dinheiro ou cometeram atos de terrorismo. Apesar de líderes terem sinalizado que havia um consenso em torno da matéria, não há neste momento acordo. O projeto é um pleito do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Casa Civil de Witzel nomeia irmã de juiz da Lava Jato para cargo comissionado

O secretário de Casa Civil e Governança do Rio, José Luis Zamith, nomeou Marcilene...

Em live com Eduardo Bolsonaro, vice-premiê da Itália pede votos

O vice-primeiro-ministro da Itália e um dos líderes do partido eurocético Liga, Matteo Salvini,...

Salles decide militarizar ministério do meio ambiente

A área ambiental do governo Bolsonaro passa por um processo de militarização. Do alto...

Deputados questionam pontos da matéria que tratam sobre a soberania do País, como o artigo que dispensa “atos de internalização ou homologação para produzirem efeitos no território nacional” para o cumprimento das sanções do Conselho de Segurança das Nações Unidas relacionadas ao crime de terrorismo, principalmente o bloqueio de ativos.

Mais cedo foi colocado em votação requerimento que pretendia adiar a discussão por duas sessões, mas foi rejeitado. Estão presentes neste momento 480 deputados na Câmara.

Continua depois da publicidade

Camila Turtelli
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade