Economia

Produção da Vale deve recuar em pelo menos 10% após acidente, prevê Opep

COMPARTILHE
8

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) previu nesta terça-feira, 12, por meio de seu relatório mensal que a tragédia ocorrida no final do mês passado em Brumadinho, Minas Gerais, levará a uma redução de “pelo menos” 10% da produção da Vale. O acidente, como foi descrito pela entidade que tem sede em Viena, ocorreu em uma das maiores operações da empresa brasileira.

INCC-M de abril avança 0,49% ante alta de 0,19% em março, revela FGV

O Índice Nacional de Custo da Construção - Mercado (INCC-M) de abril avançou 0,49%,...

FGV: Confiança da Construção fica estável em abril ante março em 82,5 pontos

A confiança da construção ficou estável em abril ante março no nível de 82,5...

Confiança do comércio fica estável em 96,8 pontos em abril ante março, diz FGV

O Índice de Confiança do Comércio (Icom) ficou estável na passagem de março para...

Nesse contexto, a Organização salientou que o preço do minério de ferro subiu 10,1% no primeiro mês do ano, como resultado não só do episódio no Brasil, mas ainda por causa de um acidente em um dos portos de embarque da Rio Tinto na Austrália, responsável por atrasar embarques da empresa anglo-australiana.

“A Austrália e o Brasil são o primeiro e o segundo maiores exportadores mundiais de minério de ferro”, citou a entidade.

Continua depois da publicidade

Célia Froufe, correspondente
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade