Economia

Investimento em máquinas e equipamentos deve crescer 30,1%, prevê Abimaq

COMPARTILHE
10

As fabricantes de máquinas e equipamentos devem investir R$ 2,7 bilhões em 2019, montante 30,1% superior ao montante investido em 2018, estima a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), a partir de pesquisa feita com associados.

'Avanço da Bolsa agora depende da reforma da Previdência'

O banco digital ModalMais, do grupo Modal, que atende 490 mil clientes e tem...

Só 8% dos brasileiros conseguiram poupar para investir no ano passado

No início do ano passado, uma pesquisa feita pela Anbima, a associação das empresas...

Plano de privatizações de Guedes esbarra em resistência nos ministérios

Nem a condição de "superministro" de Paulo Guedes tem sido suficiente para convencer colegas...

Em 2018, segundo a Abimaq, os investimentos representaram 3% da receita líquida. O setor considera a proporção baixa e lembra que, entre 2010 e 2013, a média foi de 9,3%.

“Os investimentos devem ganhar mais fôlego somente no segundo semestre, quando algumas reformas forem aprovadas e o nível de ociosidade reduzido, que hoje se encontra em 25%”, afirma João Marchesan, presidente da associação.

Continua depois da publicidade

Segundo o relatório da Abimaq, as micro, pequenas e médias terão um crescimento maior nos investimentos em 2019, de 48,7% para as micro e pequenas, e de 50,3% para as médias. Os aportes das grandes devem avançar 17,9%.

Dos investimentos esperados para este ano, 35,5% devem ser destinados para modernização tecnológica, 30,5% para reposição de máquinas depreciadas, 24% na ampliação da capacidade industrial e 10% em outras áreas. “O que deverá impulsionar os investimentos é a nova rodada de concessões de setores de infraestrutura.”

André Ítalo Rocha
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade