Economia

Banqueiro Fernão Bracher morre de enfarte no Einstein

COMPARTILHE
12

Morreu neste início de tarde de segunda-feira, 11, no hospital Albert Einstein, em São Paulo, o banqueiro e ex-presidente do Banco Central Fernão Bracher. Ele havia sido hospitalizado há cerca de uma semana, depois de uma queda em casa, e acabou sofrendo um enfarte. A informação é de Sonia Racy, da coluna Direto da Fonte.

Bolsas de NY fecham em alta expressiva com comércio EUA-China e sinais do Fed

Os mercados acionários americanos apresentaram alta expressiva nesta sexta-feira, 15, alimentados por sinais de...

Decreto limita gasto nos 3 primeiros meses a 1/18 do previsto na LOA

Decreto presidencial publicado em edição extra do Diário Oficial da União que circula nesta...

Bolsa cai e perde os 98 mil pontos em movimento de realização de lucros

O Ibovespa operou nesta sexta-feira, 15, descolado tanto do otimismo externo quanto dos demais...

Aos 83 anos, Bracher estava afastado de suas altas funções – foi presidente do BBA, vice-presidente do conselho de administração do Banco Itaú, e em 2005 dissociou-se em definitivo das tarefas no Itaú-BBA, que passaram às mãos de seu filho Candido Botelho Bracher, que hoje preside o Itaú Unibanco.

Sonia Racy
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Continua depois da publicidade