Economia

Expectativa de alta do PIB de 2019 permanece em 2,50% na pesquisa Focus do BC

COMPARTILHE
8

A expectativa de alta para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 seguiu em 2,50%, conforme o Relatório de Mercado Focus. Há quatro semanas, a estimativa de crescimento era de 2,57%. Para 2020, o mercado financeiro manteve a previsão de alta do PIB, também em 2,50%. Quatro semanas atrás, estava no mesmo nível.

Maia: Ameaça europeia é 'desculpa' para que acordo Mercosul-UE não avance

Após França e Irlanda sinalizarem que querem voltar atrás no acordo comercial entre União...

Banco do Brasil pode adotar linha de crédito imobiliário atrelada ao IPCA

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, disse que o banco pode seguir...

Susep autoriza utilização de peças usadas e genéricas em seguro de automóvel

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) autorizou seguradoras a utilizarem peças genéricas e usadas...

A projeção do BC para o crescimento do PIB em 2019 é de 2,4%. Esse porcentual foi divulgado no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de dezembro.

No relatório Focus desta segunda-feira, 11, a projeção para a produção industrial de 2019 seguiu indicando alta de 3,04%. Há um mês, estava no mesmo patamar. No caso de 2020, a estimativa de crescimento da produção industrial permaneceu em 3,00%, igual ao visto quatro semanas antes.

Continua depois da publicidade

A pesquisa Focus mostrou ainda que a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2019 passou de 56,35% para 56,05%. Há um mês, estava em 56,80%. Para 2020, a expectativa foi de 58,30% para 58,16%, ante 58,65% de um mês atrás.

PIB de 2018

O mercado financeiro projeta alta de 1,25% para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2018, conforme o Sistema de Expectativas de Mercado do relatório Focus. Uma semana antes, a estimativa estava no mesmo patamar.

O IBGE informará o resultado do PIB em 2018 apenas em 28 de fevereiro.

Fabrício de Castro
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade