Variedades

Pop reina no tapete vermelho do Grammy

COMPARTILHE
13

Não existe certo ou errado no tapete vermelho do Grammy. O que funciona nesse tipo de premiação é aquilo que ajuda a reafirmar a singularidade do artista – e a causar o máximo possível. Por isso, neste domingo, 10, circularam por ali, com a mesma desenvoltura, modelos que reverenciavam o country, o rap, o rock e, principalmente, o pop.

Festival Rio2C, que começa hoje, quer conectar artistas e mercado

Destinado a profissionais e entusiastas do mercado criativo, o Festival Rio2C, que começa nesta...

Lembrando Itamar

A importância da contribuição de Itamar Assumpção (1949-2003) para a música brasileira deve passar...

Balé Nacional da China volta ao Brasil com 'Lanternas Vermelhas'

Nove anos depois, o Balé Nacional da China volta ao Brasil com a superprodução...

Lady Gaga, a rainha da extravagância, numa fase discreta para os padrões de seu guarda-roupa, chegou com um longo prateado com um interessante franzido lateral. Estava bonita com uma maquiagem leve e o cabelo solto e tingido do mesmo tom de prata do vestido. No posto de causadora da vez, destaque para Cardi B, a rapper que surgiu com enormes babados estruturados que evocavam uma Vênus contemporânea. O chapéu intrigante de Janelle Monáe arrematava o vestido de decote V e ombros pontiagudos, enquanto Miley Cyrus posava de sexy com smoking sem camisa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Continua depois da publicidade