Cachoeiro de Itapemirim

Vigilância Sanitária de Cachoeiro divulga a classificação de 120 restaurantes

COMPARTILHE
4906

A Vigilância Sanitária de Cachoeiro divulgou, nesta semana, a classificação por estrelas de 120 restaurantes do município, resultado de vistorias feitas pelos fiscais do órgão de agosto a novembro de 2018.

Distrito de São Vicente recebe melhorias para projeto de Turismo Rural

Explorar as riquezas naturais dos distritos e comunidades de Cachoeiro e desenvolver um projeto...

Moradores do Coronel Borges aprovam mudanças no trânsito do bairro

Foram concluídas pela prefeitura, na semana passada, as novas alterações no trânsito do Coronel...

Obras de contenção vão melhorar mobilidade em rua no Zumbi

A prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim vem realizando, com mão de obra própria, uma...

Após avaliação de uma série de requisitos, os estabelecimentos vistoriados receberam de uma a cinco estrelas. Ganharam a pontuação máxima 39 restaurantes, e 37 receberam quatro estrelas. Vinte e sete ficaram com três, dois com nove e três com uma estrela.

Os itens observados são a estrutura física, a higiene de funcionários que manipulam os alimentos, do local e vestimenta, condição de armazenamento, procedência da matéria-prima e utensílios utilizados, como talheres e maquinários por exemplo.

Continua depois da publicidade

A classificação por estrelas está determinada no Código Sanitário do município. É realizada anualmente, com base no cumprimento dos critérios estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), vinculada ao Ministério da Saúde.

Os estabelecimentos que recebem de uma a duas estrelas são considerados deficientes; três e quatro, razoáveis, e os com cinco, ótimos. Os restaurantes avaliados já receberam os certificados com a sua respectiva classificação, que devem ser afixados, obrigatoriamente, em locais visíveis para o consumidor.

De acordo com o coordenador de Fiscalização Sanitária, Denclair Escobar de Almeida, os locais onde foram detectados inadequações sanitárias receberam notificações e um prazo de 60 dias para as devidas correções. Em caso de não cumprimento, pode haver autuação ou, até mesmo, a interdição.

“A classificação é muito importante porque, além de mostrar a busca pela excelência e evolução dos estabelecimentos fiscalizados, garante ao consumidor a qualidade e a higiene dos produtos comercializados no local. Outro fato é que, com a garantia sanitária, pode-se fazer uma avaliação dos lugares onde se costuma ir ou pretende frequentar”, destaca o coordenador.

 

Confira aqui a lista de classificação dos restaurantes:

Publicidade