Cidades

Ligação irregular de captação da chuva na rede de esgoto pode causar transtornos

COMPARTILHE
307
Advertisement
Advertisement

O Verão 2019 está sendo marcado por muito calor e poucas chuvas. Ainda assim, a estação exige uma atenção especial por ter como característica as chuvas rápidas e de grande volume. A BRK Ambiental, responsável pelos serviços de água e esgoto em Cachoeiro de Itapemirim, alerta para os perigos que o volume das chuvas pode causar na rede de esgoto, ainda que seja um temporal passageiro.

Continua depois da publicidade

Segundo a concessionária, a interligação indevida e irregular da água de chuva na rede de esgoto é um dos grandes vilões para o bom funcionamento do sistema de esgotamento sanitário. Com o volume de chuvas, aumentam as possibilidades de ocorrências de vazamentos e retorno de esgoto, que podem atingir ruas e imóveis.

Segundo o gerente Operacional da BRK Ambiental, Jocimar de Assis Alves, em épocas chuvosas, o número de ocorrências nas redes de esgoto no município chega a ser quase o dobro, se comparado ao período de estiagem. Ele relata que a empresa informa e orienta os moradores sobre a ligação correta da rede das águas de chuva e os cuidados com as redes de esgoto, que são projetadas para receber exclusivamente o efluente dos banheiros, das pias e da cozinha.

Para orientar a população de Cachoeiro de Itapemirim, a BRK Ambiental vem desenvolvendo, há quatro anos, o Programa de Vistoria Residencial. Equipes da empresa, devidamente identificadas, percorrem as casas, em diferentes regiões da cidade, explicando o trabalho e realizando as vistorias no interior dos imóveis. Desde que foi iniciado, foram identificadas 206 irregularidades por meio do programa.

Continua depois da publicidade

Durante as vistorias, a concessionária busca checar ralos e calhas e confirmar se a água de chuva está sendo enviada de forma correta para a galeria de água pluvial ou irregularmente para a rede de esgoto. Essa checagem é feita com o uso de corantes e por testes de fumaça. Caso a água de chuva esteja conectada à rede de esgoto, o morador recebe uma carta de notificação e tem até 90 dias para fazer as adequações.

O morador, ao verificar que está ocorrendo retorno pela rede coletora da rua, deve entrar em contato com a BRK Ambiental. Já no caso de o retorno acontecer pela instalação interna da residência, é necessário retirar o lançamento irregular do telhado e/ou de áreas externas da instalação sanitária do imóvel. É importante ressaltar que onde não há rede de drenagem pluvial, a água de chuva não pode ser direcionada para a rede coletora em hipótese alguma.

Para mais informações sobre o Programa de Vistoria Residencial ou qualquer outra necessidade relacionada ao esgoto, a BRK Ambiental disponibiliza atendimento 24 horas pelo telefone 0800-7710001.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].