Cachoeiro de Itapemirim

Blog literário da Bienal Rubem Braga cadastra novos textos

COMPARTILHE
75

As ações de mobilização para a Bienal Rubem Braga 2020 já começaram em Cachoeiro. O blog “Nas Asas da Borboleta Amarela”, mantido pela prefeitura, vai publicar novas crônicas de escritores amadores da cidade. Os escritos vão compor um livro virtual a ser lançado na próxima edição da feira literária.

Vagas abertas para curso gratuito de Atendimento Educacional Especializado em Cachoeiro

A Secretaria Municipal de Educação (Seme) de Cachoeiro divulgou, nesta sexta (15), o edital...

Carnaval na Praça de Fátima terá 10 câmeras de segurança em tempo real

Para que as famílias de Cachoeiro brinquem o Carnaval com tranquilidade nos quatro dias...

Prefeitura de Cachoeiro prepara programação especial para o Dia da Mulher

A prefeitura de Cachoeiro está preparando um dia inteiro de atividades em homenagem ao...

A reabertura do cadastro de textos no site – que foi lançado em 2017 e já gerou um livro virtual em 2018 – foi anunciada nesta quinta-feira (10), na Casa dos Braga, no sarau lítero-musical realizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult), em comemoração ao aniversário de Rubem Braga (1913-1990).

Para publicar no blog (semcult.cachoeiro.es.gov.br), basta fazer um cadastro na página e concordar com o termo de autorização da publicação. As crônicas, que podem ser cadastradas até março de 2020, passarão pelo crivo de membros da Academia Cachoeirense de Letras (ACL).

Continua depois da publicidade

De acordo com a Semcult, o blog é um espaço para estímulo à escrita e divulgação de textos literários que não tiveram a oportunidade de serem publicados. Além disso, os autores de algumas das crônicas serão selecionados para participar de uma mesa de debate na Bienal de 2020.

“Reabrir a inscrição de novos textos com a finalidade de produzir o segundo livro virtual em 2020, além de promover a Bienal Rubem Braga, fortalece, motiva e revela novos escritores em nossa região. Isto é modernizar a arte da literatura e verticalizar, na sua essência, a Bienal”, frisou o subsecretário de Cultura, Lucimar Costa.

No blog, os usuários também podem ter acesso às 234 páginas do primeiro livro virtual, obter informações sobre tudo o que rolou na última edição da feira literária, por meio de notícias, fotos e vídeos.

Publicidade