Geral

Presidente concordou em manter o País no Acordo de Paris, diz Ricardo Salles

COMPARTILHE
4

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) concordou em manter o Brasil no Acordo de Paris.

Rio: escutas revelam ameaças de milicianos presos contra moradores de comunidade

Escutas telefônicas feitas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) revelam ações de...

Ação popular pede suspensão imediata do decreto sobre armas de fogo de Bolsonaro

O decreto do presidente Jair Bolsonaro que flexibilizou a posse de armas de fogo...

GCM é baleada e morre no centro de São Caetano do Sul, no ABC paulista

Uma guarda civil municipal foi baleada e morreu na manhã desta quarta-feira, 23, no...

O ministro reconheceu que há oposição ao acordo climático dentro do governo mas que, “por ora, a participação do Brasil está mantida”. As declarações foram dadas após almoço no Sevovi-SP com empresários do setor imobiliário.

Na semana passada, Salles já havia defendido a permanência do País no Acordo, em entrevista à Rádio Eldorado. No entanto, houve críticas de membros do governo.

Continua depois da publicidade

Antes da posse, a posição do próprio presidente Bolsonaro em relação ao tema era oscilante. Ele chegou a defender a saída do País do acordo, mas depois recuou e prometeu lutar por mudanças no texto.

Salles não detalhou as mudanças a serem propostas. “As metas de redução de emissão, que o Brasil e os outros países concordaram, estão OK. O problema é como você internaliza esses princípios e estes valores na legislação do País. A nossa única preocupação é se esta legislação restringe a liberdade e a ação de empreendedorismo e a gestão do território. Vamos estar muito atentos a isso”, disse.

Mateus Fagundes
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade