Esporte Nacional

Kvitova confirma favoritismo, bate australiana e é campeã em Sydney

COMPARTILHE
13

A torcida da casa bem que tentou, empurrou a australiana Ashleigh Barty, mas não foi o suficiente. A checa Petra Kvitova confirmou o favoritismo diante da adversária na decisão deste sábado e faturou o título do Torneio de Sydney ao vencer por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 7/5 e 7/6 (7/3).

'Arbitragem feminina acompanha crescimento do futebol feminino', diz árbitra

Em dois meses, a árbitra Edina Alves Silva viveu duas situações marcantes em sua...

Nadadores brasileiros esperam confirmar bom momento no Mundial

Depois das duas medalhas que Ana Marcela Cunha conquistou na maratona aquática nos 5km...

Em jogo de cinco gols, Borussia Dortmund vence Liverpool em amistoso

Em preparação para a temporada europeia, Liverpool e Borussia Dortmund se enfrentaram na noite...

O apoio das arquibancadas até surtiu efeito no início, mas a partir da segunda parcial, Kvitova conseguiu equilibrar a partida. E tanto no segundo quanto no terceiro sets, pesou a favor da checa, cabeça de chave número 5 do torneio, a maior experiência em momentos decisivos.

O título não veio sem que a número 8 do ranking precisasse suar muito, em 2h19min de partida. Foram quatro quebras de serviço para Kvitova, número inferior às seis de Barty, 15.ª colocada no ranking. Mesmo assim, foi a checa quem levantou o troféu ao fim do confronto.

Continua depois da publicidade

Este, aliás, foi o 26.º troféu de simples de Kvitova no circuito da WTA, o primeiro este ano e o segundo consecutivo em Sydney. Pior para Barty, que perdeu a chance de conquistar seu quarto título de simples na carreira.

HOBART – Ainda em território australiano, o Torneio de Hobart também conheceu neste sábado sua campeã. A norte-americana Sofia Kenin não teve qualquer dificuldade para ficar com o título, após derrotar na decisão a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova por 2 sets a 0, com direito a “pneu” e parciais de 6/3 e 6/0.

Este foi apenas o primeiro título de simples da jovem norte-americana, de 20 anos, número 56 do mundo, no circuito da WTA. Já Schmiedlova, de 24 anos, 77.ª colocada do ranking, desperdiçou a chance de faturar seu quarto troféu de simples no circuito da WTA.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade