Geral

Marcos Pontes rebate Damares: 'não se deve misturar ciência com religião'

COMPARTILHE
139
Advertisement
Advertisement

O ministro de Ciência e Tecnologia Marcos Pontes rebateu, nesta quinta-feira, 10, declarações da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Em vídeo divulgado nesta quarta-feira, 9, a ministra e pastora disse que a igreja evangélica perdeu espaço na História ao “deixar” a Teoria da Evolução entrar nas escolas sem ser questionada.

Continua depois da publicidade

“Ela deve ter falado isso em algum tipo de contexto que eu não sei exatamente”, disse Pontes, em entrevista à rádio CBN. “Mas, do ponto de vista da ciência, são muitas décadas de estudo para formar a teoria da evolução desde o início. Ou seja, não se deve misturar ciência com religião”, disse o ministro.

No vídeo, sem data de identificação, Damares fala: “A Igreja Evangélica perdeu espaço na História. Nós perdemos o espaço na ciência quando nós deixamos a teoria da evolução entrar nas escolas, quando nós não questionamos. E aí os cientistas tomaram conta dessa área.”

Em nota enviada à TV Globo, o Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos informa que a declaração “ocorreu no contexto de uma exposição teológica e não tem qualquer relação com as políticas públicas que serão fomentadas por este ministério. Não há relação entre a atuação da titular desta pasta como líder religiosa e suas funções como gestora pública.”

Continua depois da publicidade

Matheus Lara
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.