Espírito Santo

Mais de 150 famílias em Vargem Alta e Alegre beneficiadas com o programa Morar Legal

COMPARTILHE
819

Garantindo o direito de cidadania e qualidade de vida para a população capixaba, o Governo do Estado continua realizando o sonho de muita gente por meio do Programa Morar Legal, da Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb). Na manhã desta sexta-feira (07), foi a vez do município de Vargem Alta ser beneficiado.

O desafio está em desfazer o discurso de que ajuste fiscal vem à custa da população

Uma coalizão do bem foi formada na semana passada. Reunidos com o objetivo de...

Ipem-ES dá dicas para compras em lojas físicas e virtuais neste fim de ano

Com a proximidade das festas de fim de ano, o Instituto de Pesos e...

Condenado capixaba que desviou R$ 2,2 mi da Caixa Econômica Federal

O Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) obteve a condenação de Elmo Vargas...

A equipe da Subsecretaria de Habitação recebeu a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social de Vargem Alta, Gladstyne Robles, na sede da Sedurb. Na oportunidade, foi entregue o levantamento topográfico para uma área com 11 lotes em 10.516,60 metros quadrados, na região do Parque de Exposições, em Vargem Alta.

“Essa etapa do programa Morar Legal é a parte de assistência técnica aos municípios. Verificamos que faltavam equipamentos profissionais em muitos municípios para desenvolver a parte de engenharia, que é o levantamento topográfico planialtimétrico cadastral das áreas a serem regularizadas. Hoje foi entregue esse trabalho, que foi realizado pela empresa contratada”, explicou o subsecretário de Habitação, Leonardo Fernandes.

Continua depois da publicidade

O próximo passo que a Prefeitura deve dar junto ao seu corpo técnico e ao cartório será a geração de matrículas, que vão ser passadas aos moradores de acordo com a condição social de cada família.

“Aqueles que estiverem dentro da rede de proteção, em área de vulnerabilidade social, cadastrados no CadÚnico e em programas sociais não terão nenhum custo para adquirir esse documento de propriedade. Os outros casos serão caracterizados como de interesse específico, e é preciso pagar a taxa para receber o documento. Então, essas são as etapas que devem acontecer”, disse Leonardo Fernandes.

Segundo o subsecretário, faltam poucos passos para finalizar a etapa de regularização em Vargem Alta. “Com o cadastro social feito pela Prefeitura, elencando cada morador dentro de sua especificidade, será dada a destinação”, concluiu.

 

Alegre e Conceição da Barra

Na próxima segunda-feira (10), o município de Alegre vai receber, também na sede da Sedurb, o levantamento topográfico para o bairro São Manoel. Serão 61 lotes regularizados em uma área de 12.635,04 metros quadrados.

Já na terça-feira (11), Itaúnas, em Conceição da Barra, receberá o levantamento topográfico para 80 lotes em uma área de 30.210 metros quadrados. “Vamos levar pessoas de Itaúnas que estão em uma área onde não poderiam estar e realocá-las para esse novo loteamento com infraestrutura”, garantiu o subsecretário de Habitação, Leonardo Fernandes.

Publicidade