Cidades

Em momento histórico, 44 famílias recebem escrituras do Programa Alegre Legal

COMPARTILHE
Divulgação PMA
238

Instituído há 50 anos, o bairro São Manoel, em Alegre, não era regularizado, e seus moradores não possuíam a documentação que atesta a propriedade de suas casas. Mas este cenário foi transformado graças as ações do Programa Alegre Legal que objetiva a regularização fundiária de loteamentos e áreas irregulares.

Quase 37 mil capixabas nascidos em dezembro podem sacar PIS a partir desta quinta (13)

A Caixa começa a pagar nesta quinta-feira (13), o abono salarial do PIS (Programa...

Chuva forte causa transtornos e alaga ruas de Castelo; veja fotos e vídeo

A forte chuva que caiu sobre o município de Castelo no final da tarde...

Prefeitura de Cachoeiro reforça frota com 45 novos veículos

A prefeitura de Cachoeiro reforçou sua frota neste ano com 45 novos veículos, que...

Nessa quarta-feira (5), a prefeitura realizou a entrega de 44 escrituras paras as famílias do bairro na comunidade da Vila do Sul. Com a presença de autoridades e da comissão que atua no programa Alegre Legal, os moradores receberam a documentação das mãos do próprio prefeito , José Guilherme, que estava feliz com a conclusão desta etapa inicial do projeto.

“Estamos realizando um sonho dos moradores e também da municipalidade. É um ato histórico o que estamos fazendo hoje. Não é só um documento, estamos dando dignidade e poder a estes cidadãos que antes, não podiam dizer que eram donos de suas próprias casas. Agora, com a Regularização de fato instituída no município, tudo muda. Nossa meta é chegar ao fim de 2020 com o maior número possível de loteamentos regularizados. Este é um marco desta administração”, afirma o gestor municipal.

Continua depois da publicidade

A moradora Cleide Regina Rebonato Moraes, afirma estar muito feliz e realizada. “Daqui para frente tudo muda, pra mim e para comunidade. Nós poderemos realizar melhorias, e poderemos comprovar que o imóvel é nosso. Esta conquista é nossa, da nossa comunidade. Não tem como ser um dia menos feliz nas nossas vidas”.

Sobre o trabalho desempenhado pela Prefeitura de Alegre, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Cleide avalia com “nota 10” o desempenho da Comissão do Programa de Regularização Fundiária. “Todos na Prefeitura lutaram junto conosco. Quando fomos procurar o prefeito para discutir nossa situação, ele nos garantiu que uma equipe não descansaria até que os documentos estivessem com os moradores, e foi isso que aconteceu. Nós que acompanhamos o desenrolar deste trabalho só temos a agradecer”, explica.

Para o secretário municipal, à frente do Programa Alegre Legal, Rodrigo Vargas, “ver a felicidade estampada no rosto dessas famílias não tem preço. Só reforça que estamos trabalhando no caminho certo. Agora, não descansaremos até completar os processos de Regularização dos outros loteamentos irregulares no município. Este trabalho impulsionará ainda mais o desenvolvimento econômico do nosso município. Vamos muito mais além”, finaliza.

Publicidade