Economia

Rússia aceita cortar oferta de petróleo em 200 mil barris diários, dizem fontes

COMPARTILHE
5

A Rússia concordou em reduzir sua produção de petróleo em 200 mil barris por dia, como parte do segundo dia de negociações da Opep+, em Viena, para restringir a oferta do grupo, segundo fontes com conhecimento do assunto. A Opep+ é formada pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e por aliados que não integram o cartel, incluindo a Rússia.

Governo da China aprova investimento de US$ 43,5 bilhões em ferrovias em Xangai

O governo da China anunciou nesta quarta-feira, 19, que aprovou nove projetos de ferrovias...

Ipea corrige: Total de servidores sobe 83% em 20 anos

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) cometeu um erro no relatório "Uma análise...

Greenspan diz que EUA seguem para estagflação e mostra cautela com bolsas de NY

Ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) entre 1987 e 2006, Alan...

Mais cedo, o ministro de Energia saudita, Khalid Al-Falih, reiterou que estava cético quanto à possibilidade de a Opep chegar a um acordo com seus aliados.

Ontem, al-Falih disse que a Opep+ iria discutir um corte total de cerca de 1 milhão de barris diários. Com informações da Dow Jones Newswires.

Continua depois da publicidade

Sergio Caldas
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade