Economia

BNDES mantém leilão da Amazonas Energia no dia 10 de dezembro

COMPARTILHE
8

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) confirmou na madrugada desta sexta-feira, 7, a realização do leilão da distribuidora da Eletrobras Amazonas Energia, marcado para a segunda-feira, 10. Em nota, a instituição confirma o recebimento e a aprovação das propostas entregues na quinta-feira, 6, na sede da B3, por empresas interessadas na distribuidora.

Eletrobras conclui venda da Boa Vista Energia para Oliveira Energia e Atem

A Eletrobras anunciou nesta segunda-feira, 10, que a venda do controle da Boa Vista...

Maia diz que vai votar PL que tira recursos do fundo social para gasodutos

O presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que mesmo com polêmica,...

Trabalhadores obtêm liminar que suspende leilão da Amazonas Energia

A notícia de que os trabalhadores da Eletrobras obtiveram uma liminar suspendendo o leilão...

Em comunicado relevante, a comissão de licitação do BNDES informou ter analisado e aprovado os documentos apresentados relativos a declarações, documentos de representação e garantias de propostas. O banco informou ter considerado “atendidos os requisitos do instrumento convocatório para a participação no leilão da Amazonas Energia”.

“Sendo assim, fica mantida a sessão Pública do leilão da Amazonas Energia no dia 10 de dezembro de 2018, com a abertura das propostas econômicas, realização de lances viva-voz e posterior abertura do envelope de habilitação”, diz o comunicado.

Continua depois da publicidade

O comunicado não esclarece quantos grupos manifestaram interesse na Amazonas, mas a expectativa é de que ao menos um entregou documentação.

O leilão da Ceal, distribuidora que atua em Alagoas, está marcado para 19 de dezembro, com entrega das propostas do dia 17.

O governo já conseguiu leiloar quatro das seis distribuidoras da Eletrobras neste ano. A Equatorial assumiu a Cepisa (Piauí). A Energisa adquiriu a Ceron (Rondônia) e a Eletroacre. E a Boa Vista Energia (Roraima) foi arrematada por um consórcio liderado pela Oliveira Energia.

Anne Warth
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade