Geral

Marcos Pontes: ensino superior permanecerá com Ministério da Educação

COMPARTILHE
15

Indicado para chefiar o Ministério da Ciência e Tecnologia, o engenheiro Marcos Pontes afirmou, nesta quinta-feira, 6, que o ensino superior permanecerá no Ministério da Educação. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, cogitou transferir a responsabilidade para a pasta que será comandada por Pontes.

Roubos caem no Estado em abril; capital tem alta nos homicídios

Caiu a quantidade de roubos registrada em cidades do Estado de São Paulo ao...

São Paulo deve ter dia mais frio do ano neste fim de semana

A cidade de São Paulo tem previsão para as temperaturas mais baixas do ano...

Geleira na Patagônia chilena se rompe com aquecimento nos Andes

Um campo de gelo com 12 mil quilômetros quadrados rompeu-se em dois pedaços na...

“O Ensino Superior permanece com o ministério da Educação e essa relação com a ciência e tecnologia é primordial”, declarou Pontes durante coletiva de imprensa no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília.

Segundo o futuro ministro, a “colaboração com a educação é importante e tem andado muito bem”. Ele listou quatro pilares para a cooperação entre os ministérios que seriam o ensino de ciência e tecnologia no ensino fundamental; a importância da pesquisa básica; incentivo à inovação; e cooperações internacionais.

Continua depois da publicidade

Ao longo do dia, Pontes organiza um encontro com representantes da comunidade científica no CCBB. Bolsonaro fez uma rápida aparição na reunião, pela manhã.

Julia Lindner
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade