Internacional

Premiê britânica pode deixar que Parlamento decida sobre 'backstop'

COMPARTILHE
7

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, disse hoje que poderá deixar que o Parlamento britânico decida sobre utilizar o polêmico mecanismo de “backstop” para impedir o retorno de uma fronteira dura entre Irlanda do Norte e Irlanda.

Maduro diz que Trump adotou estilo 'quase nazista' ao falar da Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta segunda-feira que o presidente dos Estados...

Queremos transição pacífica na Venezuela, mas opções estão em aberto, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira que seu governo busca...

Oposição da Venezuela monta acampamentos para aguardar ajuda humanitária

A oposição da Venezuela instalou no domingo 17 uma dezena de acampamentos em todo...

Nas últimas semanas, May tem tido dificuldades para obter apoio de parlamentares para o acordo do Brexit que fechou com a União Europeia.

Segundo May, o acordo para a retirada do Reino Unido da UE permitiria ao país decidir sobre invocar ou não o backstop.

Continua depois da publicidade

Em entrevista ao vivo à rádio BBC, May disse que “as pessoas estão preocupadas com o papel do Reino Unido na tomada dessas decisões e a coisa óbvia (a fazer)…é que o Parlamento tome essas decisões”.

Os comentários vêm num momento em que opositores alegam que o backstop poderá manter o Reino Unido ligado à UE por muitos anos. Fonte: Associated Press.

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade