Economia

Queremos isenção de qualquer corte na produção de petróleo, diz Irã

COMPARTILHE
7

O ministro do Petróleo do Irã, Bijan Zanganeh, afirmou nesta quarta-feira que seu país deseja isenção de qualquer corte em sua produção da commodity. Integrante da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), o país participa do diálogo do cartel e de aliados, como a Rússia, por uma redução na oferta para equilibrar o mercado.

ANP conclui que não há impedimento para venda direta de etanol das usinas

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou nesta quinta-feira, 13,...

Bolsas de NY repercutem política dos EUA e comércio e fecham sem sinal único

Os mercados acionários americanos encerraram o pregão desta quinta-feira, 13, sem direção única, à...

Ibovespa tem 3ª alta consecutiva em dia de liquidez reduzida e poucas notícias

O Índice Bovespa teve nesta quinta-feira, 13, sua terceira alta consecutiva. Após um pregão...

A Opep e seus aliados devem se reunir nesta quinta-feira e na sexta-feira para decidir sobre o assunto. Na avaliação do ministro iraniano, um patamar adequado para os preços do petróleo seria entre US$ 60 e US$ 70 o barril.

Zanganeh ainda comentou que, caso os Estados Unidos desejem entrar na Opep, isso deveria ser “analisado”. Fonte: Dow Jones Newswires.

Continua depois da publicidade

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade