Variedades

'Felicidade é cidadania e estado de direito', diz Fernanda Lima no 'amor & sexo'

COMPARTILHE
17

A apresentadora Fernanda Lima encerrou o Amor & Sexo que foi ao ar na noite de terça-feira, 4, com um discurso enfático sobre felicidade.

Para apresentador, ativismo mudou cobertura de eventos com artistas de Hollywood

Brad Goreski será um dos apresentadores do tapete vermelho do Oscar no canal E!...

Única mulher nordestina nos palcos da MPB, Elba lembra de suas origens no Rio

Elba não deixou por menos. Antes de terminar o show que lançou um dos...

Gang 90 volta ao palco depois de 30 anos

Aquilo tudo parecia diversão, e também era. Música pop de refrão imediato, colorida, vigorosa,...

Felicidade dentro da gente é estado de espírito. Felicidade fora da gente é justiça e igualdade. Felicidade pode até existir no ouro e na prata, mas ela jamais existirá sem um prato de comida, sem a cartilha da escola, sem a oportunidade de emprego, sem o transporte que nos leva, sem a saúde que nos socorre, sem a segurança que nos permite ir e vir.”

“Felicidade é afetar e se deixar afetar. É se importar, compartilhar, cooperar. Felicidade não é minha ou sua – é nossa. Felicidade é a construção de relações significativas. Felicidade é cidadania. Felicidade é Estado de direito. É aceitar que não é possível ser feliz sozinho”, concluiu.

Continua depois da publicidade

Na abertura do programa, a apresentadora já havia feito outra reflexão sobre o tema.

“Será que andamos obcecados com essa tal felicidade? Presos a várias fórmulas numa busca sem fim sem saber direito o que ser feliz significa? Casamento, filhos, bens, sexo, poder, o que de fato entra nessa conta?”

“Estaríamos deixando de fora coisas fundamentais? Respeito, sentido, engajamento, profundidade, esperança. Nessa busca frenética para sermos felizes, estaríamos nos entregando às aparências e esquecendo das evidências?”, concluiu, em referência ao conhecido trecho da música Evidências, de Chitãozinho e Xororó.

O programa também contou com uma homenagem a Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul, morto neste mesmo dia há cinco anos.

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade