Economia

BC e Cade aprovam ato normativo conjunto sobre ações no âmbito do SFN

COMPARTILHE
12

O Banco Central e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovaram nesta quarta-feira, 5, o Ato Normativo Conjunto nº 1 (ANC nº 1), que estabelece procedimentos para harmonizar e tornar mais eficientes as respectivas ações em atos de concentração e na defesa da concorrência no âmbito do Sistema Financeiro Nacional (SFN). Conforme o comunicado divulgado pelo BC, o ato estava previsto no memorando de entendimentos (MoU) firmado entre as duas autarquias em 28 de fevereiro de 2018 e está inserido na Agenda BC+, pilar “Sistema Financeiro Mais Eficiente”.

Procuradoria deve cobrar mais de R$ 2 bi da JBS para ressarcir BNDES

O procurador Ivan Marx, do Ministério Público Federal (MPF) em Brasília, trabalha na denúncia...

Caiado: Guedes disse que mudanças da Previdência serão implantadas em Estados

O ministro da Economia, Paulo Guedes, sinalizou nesta segunda-feira, 18, que as regras da...

Caiado: Mansueto está costurando um novo projeto de lei para apoiar Estados

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, disse nesta segunda-feira, 18, que o secretário do...

Ainda conforme a nota, o ato prevê, entre outras medidas, o compartilhamento de informações entre o Cade e o BC para a realização de atividades na esfera concorrencial e de reuniões periódicas entre os dois órgãos. “Nessas reuniões poderão ser discutidos temas que requeiram ação normativa das duas autarquias e que tenham impacto na concorrência entre instituições submetidas à supervisão do BC”, diz o comunicado. “Os dois órgãos também poderão utilizar esses encontros para avaliar a cooperação técnica em processos administrativos relacionados com atos de concentração e com a apuração de infrações à ordem econômica envolvendo instituições supervisionadas pelo BC”, acrescenta.

Ainda conforme a nota, o ato normativo prevê ainda os procedimentos para realização de atividades previstas no MoU, como aquelas relacionadas à aprovação, pelo BC, de atos de concentração vinculados à manutenção da estabilidade do SFN, bem como notificações, do Cade ao BC, sobre processos administrativos destinados à apuração de infrações concorrenciais envolvendo instituições supervisionadas pela autoridade monetária.

Continua depois da publicidade

Eulina Oliveira
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade