Espírito Santo

PSB oficializa oposição a Bolsonaro e deixa Casagrande em situação desconfortável

COMPARTILHE
13178

Os integrantes da executiva nacional do PSB decidiram nesta segunda-feira (5), que o partido fará oposição ao governo do presidente eleito Jair Bolsonaro. O presidente da sigla, Carlos Siqueira, afirmou que o partido decidiu por esta posição porque as posições defendidas pelo futuro mandatário são contrárias aos preceitos da sigla.

Geovanna Santos brilha e fatura mais um ouro para o ES nos Jogos Escolares da Juventude

Espírito Santo ampliou seu número no quadro de medalhas no segundo dia dos Jogos...

Veja quais serviços estaduais da Saúde vão funcionar no feriadão

Os serviços públicos estaduais de urgência e emergência vão atender normalmente nesta quinta-feira (15),...

Aeroporto de Vitória terá voos diretos para Recife

A Azul Linhas Aéreas anunciou na tarde desta quarta-feira (14) o novo voo da...

O anúncio feito por Siqueira pode deixar o governador recém-eleito pelo Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), em situação desconfortável. No segundo turno das eleições o socialista decidiu se manter isento e não apoiar nenhum dos candidato a Presidência da República, já que no primeiro turno Jair Bolsonaro (PSL) havia sido escolhido por 54,76% dos capixabas.

Bolsonaro obteve no segundo turno, no Espírito Santo, 63,06% dos votos válidos. Assim que saiu o anúncio de que o candidato do PSL havia sido eleito, Casagrande declarou que manteria uma relação institucional e política com o novo presidente.

Continua depois da publicidade

Mas, de acordo com Siqueira, a sigla fará oposição de acordo com as questões que serão apresentadas pelo novo governo. “Fomos colocados na oposição pelo resultado eleitoral porque não apoiamos o candidato que ganhou e, por outro lado, e até mais importante, é porque o candidato que ganhou pensa diametralmente o oposto do que pensamos”, disse ao final de uma reunião entre a cúpula do PSB.

A reportagem fez contato com a assessoria de imprensa de Renato Casagrande, que está em Brasília, mas até o fechamento desta matéria o socialista não se manifestou sobre o assunto.

Casagrande deve obedecer o PSB e fazer oposição a Bolsonaro? Vote e dê sua opinião!

  • Ele deve desobedecer o PSB e fazer uma relação amistosa com o novo presidente (93%, 1.539 Votos)
  • Ele deve obedecer o PSB e fazer oposição a Bolsonaro (7%, 107 Votos)

Total de Participantes:: 1.646

Carregando ... Carregando ...
Publicidade