Espírito Santo

PSB oficializa oposição a Bolsonaro e deixa Casagrande em situação desconfortável

COMPARTILHE
13419

Os integrantes da executiva nacional do PSB decidiram nesta segunda-feira (5), que o partido fará oposição ao governo do presidente eleito Jair Bolsonaro. O presidente da sigla, Carlos Siqueira, afirmou que o partido decidiu por esta posição porque as posições defendidas pelo futuro mandatário são contrárias aos preceitos da sigla.

Número de inscrições no Nossa Bolsa 2019 supera 12 mil no ES

O prazo para cadastrar-se e concorrer às 1.686 vagas abertas pelo Programa Nossa Bolsa...

Espírito Santo registra a maior produtividade da história em café arábica e conilon

A cafeicultura capixaba registra a maior produtividade da história, de acordo com o último...

Petrobras confirma plano de investimentos no Espírito Santo durante visita do governador

O governador Renato Casagrande recebeu o sinal positivo da Petrobras sobre investimentos da empresa...

O anúncio feito por Siqueira pode deixar o governador recém-eleito pelo Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), em situação desconfortável. No segundo turno das eleições o socialista decidiu se manter isento e não apoiar nenhum dos candidato a Presidência da República, já que no primeiro turno Jair Bolsonaro (PSL) havia sido escolhido por 54,76% dos capixabas.

Bolsonaro obteve no segundo turno, no Espírito Santo, 63,06% dos votos válidos. Assim que saiu o anúncio de que o candidato do PSL havia sido eleito, Casagrande declarou que manteria uma relação institucional e política com o novo presidente.

Continua depois da publicidade

Mas, de acordo com Siqueira, a sigla fará oposição de acordo com as questões que serão apresentadas pelo novo governo. “Fomos colocados na oposição pelo resultado eleitoral porque não apoiamos o candidato que ganhou e, por outro lado, e até mais importante, é porque o candidato que ganhou pensa diametralmente o oposto do que pensamos”, disse ao final de uma reunião entre a cúpula do PSB.

A reportagem fez contato com a assessoria de imprensa de Renato Casagrande, que está em Brasília, mas até o fechamento desta matéria o socialista não se manifestou sobre o assunto.

Casagrande deve obedecer o PSB e fazer oposição a Bolsonaro? Vote e dê sua opinião!

  • Ele deve desobedecer o PSB e fazer uma relação amistosa com o novo presidente (93%, 1.539 Votos)
  • Ele deve obedecer o PSB e fazer oposição a Bolsonaro (7%, 107 Votos)

Total de Participantes:: 1.646

Carregando ... Carregando ...
Publicidade